Dan Houser comenta sobre a jornada de trabalho de Red Dead Redemption 2
01
Compartilhamento

Dan Houser comenta sobre a jornada de trabalho de Red Dead Redemption 2

Último Vídeo

Na última segunda-feira (15), uma entrevista concedida por Dan Houser, um dos chefões da Rockstar Games, trouxe preocupações quanto à rotina de trabalho da companhia. Segundo ele, a equipe de desenvolvimento de Red Dead Redemption 2 tinha semanas de trabalho que chegavam a 100 horas durante a fase final de desenvolvimento do game — o que resulta em 14 horas de trabalho de segunda a domingo.

RDR 2

Diante da controvérsia que isso causou, Houser voltou a comentar sobre o assunto em um comunicado enviado ao site Kotaku. Segundo ele, somente quatro pessoas da equipe tiveram uma rotina tão intensa, e qualquer outro funcionário tinha a opção de não fazer um “esforço extra” caso considerasse que isso não era preciso.

Esforço opcional

“O ponto que eu estava tentando fazer no artigo estava relacionado a como o diálogo do game foi escrito, que foi o assunto principal que falamos, não sobre os diferentes processos do time como um todo. Após trabalhar no game por 7 anos, o time de escritores sênior, formado por quatro pessoas, Mike Unsworth, Rupert Humphries, Lazlow e eu, tivemos, como sempre, três semanas de trabalho intenso quando estávamos finalizando tudo”, explicou Houser.

“Trabalhamos juntos por pelo menos 12 anos, e sentimos que precisamos finalizar tudo. Depois de tantos anos organizando as coisas e deixando esse projeto pronto, precisávamos checar e finalizar tudo”, continuou o executivo. Houser explicou que muitos funcionários, especialmente os com mais anos de casa, também trabalharam várias horas extras devido à paixão que possuem por seu trabalho.

“Mas esse esforço adicional é uma escolha, e não pedimos ou esperamos que ninguém trabalhe dessa forma. Muitas das pessoas sênior trabalham de forma inteiramente diferente e são tão produtivas quanto — eu só não sou uma delas! Ninguém, sênior ou júnior, é forçada a trabalhar duro. Eu acredito que vamos muito longe para ter um negócio que liga para suas pessoas e para criar uma companhia que é ótima para eles trabalharem”, finalizou.

A declaração de Houser em relação a Red Dead Redemption 2 ganhou um peso especial devido ao fato de que, em 2010, uma carta publicada por familiares da equipe de produção do primeiro game denunciou as longas horas de trabalho exigidas para finalizá-lo. Além disso, diversos ex-desenvolvedores da Rockstar usaram o Twitter para falar sobre as condições de trabalho extenuantes a que eram submetidos, dando a entender que a prática era comum e acontecia em todos os setores da empresa.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários