Dar acesso gratuito é o futuro dos jogos, diz produtora de Candy Crush
30
Compartilhamentos

Dar acesso gratuito é o futuro dos jogos, diz produtora de Candy Crush

Último Vídeo

Atualmente, temos à disposição dois tipos de jogos: os convencionais (ou seja, você vai à loja – virtual ou física – e compra o game) e os gratuitos com sistema de microtransação. No caso do último modelo, a lista tem aumentado mensalmente, e esse será o futuro da indústria na opinião do homem por trás da King, empresa que desenvolveu Candy Crush. 

“A microstransação é muito forte e definitivamente um modelo muito melhor. Acho que todas as companhias devem migrar para ele. Se você falar com vários jogadores hardcore, eles não estão felizes com isso [a presença dos jogos gratuitos com venda de itens por dinheiro real] no momento, mas, se questionados sobre algo a longo termo, como 'você quer continuar jogando seu título favorito no futuro?', eles vão responder que sim”, explicou Tommy Palm em entrevista ao site IGN. 

Entretanto, Palm ressalta que a companhia que optar por esse estilo deve encontrar um balanço, pois jogos gratuitos são difíceis de produzir. Para ele, um título que está seguindo bem este caminho é Hearthstone: Heroes of Warcraft, e também foi mencionado que este é um game sobre o qual dificilmente se ouvirá reclamações por conta do modelo de negócio adotado pela Blizzard.

E você, concorda com a opinião de Palm? Deixe a sua mensagem no espaço destinado aos comentários.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.