Voxel

Dark Souls 2: Scholar of the First Sin tem desempenho melhor no PS4 [vídeo]

Último Vídeo

Com a promessa de ser a versão definitiva de Dark Souls 2, Scholar of the First Sin marca a estreia da série da From Software na nova geração de consoles. Embora o trabalho feito pela empresa traga a experiência dos consoles ao mesmo nível da adaptação para PCs do ponto de vista técnico, ele não está isento de problemas — especialmente no Xbox One.

Uma análise conduzida pelo Digital Foundry mostra que tanto na plataforma da Microsoft quanto o PlayStation 4 rodam o título em 1080p com o efeito FXAA de anti-aliasing. Além disso, o título adota novos modelos de personagens e um sistema de iluminação ligeiramente melhorado que tornam a experiência geral melhor do que o lançamento original.

O aspecto que acaba tornando a versão do Xbox One ligeiramente inferior é a adição de novos inimigos a locais abandonados e a áreas que já possuíam adversários. Isso faz com que o console testemunhe quedas mais frequentes em sua taxa de quadros por segundo, que também se mostram mais drásticas.

Queda de quadros torna o combate mais desengonçado

“O Xbox One paga um preço persistente para se igualar aos padrões visuais do PS4. Ambos os formatos buscam atingir os 60 fps e possuem o V-Sync ligado, mas a plataforma da Microsoft sofre as maiores quedas em nossa análise de framerate. A Forest of Fallen Giants é um bom exemplo, na qual uma onda de inimigos causa uma frequência de 40-50 fps no Xbox One, enquanto o PS4 opera em 50-60 fps”, afirma o texto do redator Thomas Morgan.

A principal consequência negativa disso é o fato de os combates do jogo parecerem mais desengonçados no video game da Microsoft. “A máquina da Sony não produz 60 fps perfeitos, claro, mas tem um desempenho consistentemente melhor — e, em um jogo que exige tempos perfeitos para rolagens e contra-ataques, o framerate mais suave pode fazer uma diferença”, complementa Morgan.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.