Death Stranding não é um game furtivo e traz um grande universo explorável

Death Stranding não é um game furtivo e traz um grande universo explorável

Último Vídeo

Após revelar a data de lançamento de Death Stranding, o diretor Hideo Kojima usou sua conta oficial no Twitter para explicar melhor o conceito do game. Segundo ele, o título não é focado no gameplay furtivo, mas sim no que ele chamou de "Strand Game" — um novo tipo de jogo de ação focado no conceito da ligação entre personagens.

Kojima também revelou que os jogadores poderão explorar cenários com tamanho considerável. "No trailer de Death Stranding, há uma cena em que Sam coloca uma corda. A montanha nevada não é um cenário, existe um caminho até lá e você pode subir a montanha", garantiu o diretor.

Outro detalhe sobre o game é o fato de que todos os acessórios usados pelo jogador serão exibidos nas cenas de animação, que são feitas em tempo real. Exclusivo do PlayStation 4, o título está programado para chegar às lojas no dia 8 de novembro deste ano, com direito a uma edição de colecionador que traz uma mala e uma estátua de bebê.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários