A demo vem aí: confira mais informações sobre FFXV

A demo vem aí: confira mais informações sobre FFXV

Último Vídeo

O simpático senhor na foto da capa deste artigo é Hajime Tabata, o chefão da Square Enix responsável pelos dois próximos grandes jogos da empresa: Final Fantasy Type-0 HD e Final Fantasy XV — que ninguém faz a menor ideia de quando vai aparecer. Segundo ele, a demo jogável pode pintar lá pelo dia 17 de março, junto com o lançamento de Type-0 HD, mas só no Japão.

Em entrevista para o site Kotaku, Tabata contou um pouco de sua trajetória na empresa e um pouco dos bastidores do início da criação de Final Fantasy XV. 

O início de FFXV

Hajime Tabata se envolveu nos projetos de FF em julho de 2012, quando o projeto de Final Fantasy Versus se tornou o projeto do XV. Nessa época, a empresa ainda considerava que o game seria para PlayStation 3 e Xbox 360. A primeira missão que ele teve foi criar o protótipo de um game para a geração que estava por vir.

Como os consoles PlayStation 4 e Xbox One ainda não haviam sido anunciados, Tabata e a equipe de desenvolvedores acreditaram que iriam fazer um game para PCs. O resultado desse protótipo foi o vídeo que eles mostraram na E3 de 2013, e no mesmo evento foi anunciada a mudança de nome de Final Fantasy Versus para Final Fantasy XV.

A demo e o jogo completo

Segundo Tabata, a demo não mostrará quase nada da história principal de FFXV, mas os jogadores também não serão simplesmente jogados em um mundo aberto sem objetivo. “Estamos projetando tudo em torno de um tipo de equilíbrio em termos de assegurar que não há essa jogabilidade ‘perdida’, mas que seja uma exploração agradável por conta própria”, explica.

Mas, quando o game completo chegar, podemos esperar um mapa enorme para explorar. O diretor diz na entrevista que até mesmo a sua equipe se impressionou com o tamanho da região de Duscae.

“Originalmente, acreditávamos que toda a história poderia ser fechada no prazo de 40 horas. Porém, olhando para o volume atual do que está se tornando disponível, está parecendo cada vez mais difícil zerar dentro desse prazo. Mas ainda é algo que estamos avaliando”, conclui Tabata. 

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.