Voxel

Depois de revelar cronologia, ligação entre os jogos da série The Legend of Zelda é explicada

Último Vídeo

Fonte da imagem: GlitterBerri

Como você viu no início dessa semana, o recém-lançado Hyrule Historia, livro publicado pela Nintendo que traz vários detalhes sobre a série The Legend of Zelda, finalmente revelou qual a cronologia da franquia. Contudo, a informação deixou muitos fãs desorientados, principalmente porque ninguém imaginava a existência de uma terceira realidade paralela.

No entanto, eis que a página finalmente foi traduzida por fãs, apresentando alguns acontecimentos importantes de todo aquele universo, criando a ligação definitiva entre um jogo e outro. Como pode ser visto na imagem acima, a História é dividida em grandes eras que são representadas por acontecimentos marcantes.

Atenção, spoilers!

Desse modo, o recente Skyward Sword acontece logo após a criação do céu e da terra em um período chamado “Era da Deusa Hylia”, pois é nesse momento que ela reencarna como Zelda. Após isso, Hyrule se estabiliza por gerações até o surgimento de Vaati em Minish Cap e seu retorno em Four Swords.

Img_normal

É a partir de Ocarina of Time que as coisas complicam. Como havia sido dito anteriormente, a “Era do Herói do Tempo” se divide em três universos paralelos de acordo com o sucesso de Link em derrotar Ganondorf. Em um deles, o personagem é derrotado e o rei demônio passa a renascer em eras diferentes sob o nome de Ganon, como em A Link to the Past, a linha Oracle e no The Legend of Zelda original.

Já as outras duas realidades explicam a ligação de Majora’s Mask e Twilight Princess, sobretudo com a invasão do Reino das Sombras e a proteção de Sacred Realm. No mundo em que Ganondorf é selado, o vilão ressurge e, para impedi-lo, os deuses inundam o mundo e dão origem a The Wind Waker.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.