Desbancando G2, SK e FaZe Clan, a Cloud9 mostrou seu verdadeiro potencial

Desbancando G2, SK e FaZe Clan, a Cloud9 mostrou seu verdadeiro potencial

Último Vídeo

Já há algum tempo é comum ouvir de toda a comunidade internacional de CS:GO que, mesmo com um bom nível, a região norte-americana está sempre um passo atrás da Europa no que se diz respeito à habilidade e performance no CS:GO. Isso sendo verdade ou não, uma das equipes mais cotadas do cenário norte-americano provou no último final de semana que o nível dos americanos não apenas é alto, como também pode ser até melhor do que seus adversários. Além de vencer o primeiro major de CS:GO de 2018, a equipe da CLOUD9 conseguiu esse feito desbancando fortes times como G2 e SK Gaming, além do favorito ao título, a FaZe Clan.

Os americanos mandaram muito bem na fase de grupos, porém a escalada para o título começou nos playoffs. Nas quartas de final, a Cloud9 venceu os franceses da G2 eSports, equipe que por muitas vezes figura entre as melhores do mundo, batendo SK, FaZe e outros grandes times. Nas semifinais, foi a vez de os brasileiros da SK Gaming sentirem a ferocidade dos americanos, que queriam muito ganhar o evento em casa. Por 2 mapas a 1, os donos da casa passaram por FalleN e companhia e avançaram até a grande final para enfrentar a FaZe Clan.

Na grande final, um show à parte. Não apenas pelo nível de ambas as equipes e três eletrizantes mapas, mas também pela torcida, que vibrava e torcia muito para os americanos vencerem, pela primeira vez na história, um Major de CS:GO. Final: 2 a 1 para Cloud9.

A equipe da Cloud9, além do título, levou em premiação o valor de US$ 500 mil (R$ 1,6 milhão).

1

SK Gaming

A equipe da SK Gaming pela segunda vez  jogou um major com um substituto. O ex-jogador, João ‘Felps’ Vasconsellos, pediu sua baixa da equipe brasileira pouco antes do final da última temporada, o que impossibilitou que outro player o substituísse na Eleague, o primeiro major de CS:GO de 2018.

A equipe brasileira performou muito bem no evento mesmo sem seu time completo. FalleN e companhia conseguiram avançar até as semifinais ao derrotar em jogo apertadíssimo os suecos da fnatic. Infelizmente, na sequência o Brasil deu adeus ao evento, ao ser derrotado pelos norte-americanos da Cloud9.

A SK Gaming terminou a competição em 3º/4º lugar e levou para casa a premiação de US$ 70 mil (R$ 224 mil pela cotação atual).

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.