Desenvolvedor que ameaçou Gabe Newell de morte deixa a própria empresa

Desenvolvedor que ameaçou Gabe Newell de morte deixa a própria empresa

Último Vídeo

Na terça-feira (21), você acompanhou a bizarra história de um desenvolvedor que ameaçou de morte o cofundador da Valve, Gabe Newell, por conta de uma confusão no lançamento de um jogo no Steam — e as consequências negativas do surto do jovem Mike Maulbeck no Twitter não param de acontecer.

Para começar, o jogo do estúdio indie em que o sujeito trabalha foi apagado do Steam, provavelmente causando um enorme prejuízo ao estúdio, que esperava obter algum sucesso na plataforma virtual. Agora, a empresa Code Avarice ficou sem um dos cofundadores, pois o próprio Maulbeck resolveu se demitir após passar tanta vergonha.

Em um comunicado publicado no site da desenvolvedora, Maulbeck diz que se sente responsável pela remoção do game do Steam e que, apesar de reconhecer a irresponsabilidade da fala original, avisa que a ameaça de morte foi somente sarcástica. "Eu estou realmente, profundamente arrependido que minha ação temperamental e de curta visão resultou não só na destruição dos meus próprios sonhos e aspirações, mas também da equipe inteira com quem eu trabalhei", desabafa.

Maulbeck vendeu a sua metade da Code Avarice para o outro sócio, Travis Pfenning, e não dará conselhos empresariais ou participará do desenvolvimento de títulos. O rapaz ainda recusou qualquer tipo de lucro que o game Paranautical Activity ou futuros lançamentos da empresa venham a obter.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.