Desenvolvedor de Battletech deixa a Harebrained após admitir assédio sexual

Desenvolvedor de Battletech deixa a Harebrained após admitir assédio sexual

Último Vídeo

Tyler Carpenter, desenvolvedor da Harebrained Studios que trabalhou em games como Battletech e Shadowrun: Hong Kong, anunciou sua saída da empresa na última quinta-feira (7). A decisão surge após ele admitir a veracidade de diversas acusações de assédio sexual feitas por pelo menos seis mulheres.

“Minhas besteiras não são o tipo de coisa que a HBS representa ou tolera, e ela não tem qualquer ideia de que isso aconteceu”, afirmou Carpenter ao site Waypoint. “Por conta disso, para o bem da HBS e de minhas vítimas, eu renunciei à HBS com efeito imediato. Não é preciso ter uma investigação porque, honestamente, tudo é verdade”.

Battletech

Carpenter afirma que começou a procurar ajuda profissional para lidar com seus comportamentos em janeiro deste ano, quando ele percebeu que “algo estava profundamente errado” com a maneira como ele se relacionava com outras pessoas. Aparentemente ele chegou a publicar um pedido de desculpas público em sua conta no Twitter, que foi fechada pouco depois.

As acusações contra o desenvolvedor envolvem desde toques inapropriados até a continuidade de expressões de amor e desejo sexual após as mulheres envolvidas pedirem para ele parar de fazê-las. Em um comunicado oficial, a Harebraind e a Paradox (que adquiriu recentemente a empresa) confirmaram a demissão do funcionário e afirmaram que não têm comentários a fazer no momento.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.

Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Participe agora deixando seu comentário Acesse sua conta
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários