Voxel

Desenvolvedor de Super Smash Bros. comenta as dificuldades na produção moderna de games

Último Vídeo

Img_normal
Masahiro Sakurai, a mente por trás de franquias como Super Smash Bros. e Kirby, resolveu soltar o verbo mais uma vez e falar um pouco mais sobre a dificuldade dos criadores de games. A grande questão que as pessoas não entendem direito é que há um problema entre os custos e o tempo de produção dos trabalhos, em relação à quantidade de retorno que elas entregam e ao tempo durante o qual os gamers ficam ligados nos jogos.

Super Smash Bros. Brawl, por exemplo, teve seu projeto de design concluído em julho de 2005. Após isso, o desenvolvimento propriamente dito do título começou em outubro de 2005, sendo que a versão final do game só foi lançada em 31 de janeiro de 2008 — no Japão. Em outras palavras, foram quase três anos inteiros de trabalho árduo, envolvendo um enorme número de pessoas e uma quantidade considerável de profissionais.

“Quando você pensa em três anos como esses, vale pensar que é o mesmo tempo que diferencia sua entrada no ensino médio e a sua formatura nele”, escreveu Sakurai em uma coluna na revista japonesa Famitsu deste mês. “Você tem todas essas pessoas trabalhando com toda a força para concluir um único projeto. Os games que eu faço tendem a apresentar uma grande longevidade em termos de tempo de jogatina, e se eu estiver satisfeito com o resultado final ou não, levou um grande tempo para produzi-los”, afirma o criador de Smash Bros. Brawl.

Sempre vale a pena conferir as manifestações de Masahiro Sakurai, que tem muita credibilidade na indústria dos games, pois ele nunca deixa seus jogos pela metade. Mas... Quando será que sai um novo Smash Bros.?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.