Desenvolvedora do MMO WildStar fecha as portas
36
Compartilhamentos

Desenvolvedora do MMO WildStar fecha as portas

Último Vídeo

A dificuldade de emplacar jogos no atual mercado dos videogames fez mais uma vítima, com o surgimento de informações de que o Carbine Studios, responsável pelo MMO WildStar, está fechando as portas. Mais de 50 pessoas foram desligadas de seus empregos e o game chegará ao seu fim.

De acordo com o site Kotaku, que teve acesso a pessoas que estavam presentes durante o anúncio interno, a reunião anunciou o fechamento do estúdio no dia 6 de setembro. Antigos funcionários já esperavam algo do tipo há algum tempo, já que os dois projetos do estúdio não conseguiram prosseguir por falta de apoio da empresa que o comandava, a coreana NCSoft.

Em um comunicado oficial, a NCSoft confirmou o fechamento do Carbine Studios e a ideia de diminuir as operações de WildStar até terminar completamente com o suporte ao jogo online. A empresa confirmou que os jogadores que gastaram dinheiro real no jogo serão ressarcidos com valores gastos desde o dia 1° de julho.

Wildstar estudio

O Carbine Studios foi fundado em 2005 por antigos desenvolvedores que trabalhavam na Blizzard, em especial no desenvolvimento de World of Warcraft. Em 2007, o estúdio foi comprado pela coreana NCSoft e, em 2011, anunciou WildStar, MMORPG que foi lançado apenas em 2014.

Depois de um ano operando com um sistema de mensalidades, assim como WoW, o jogo se tornou free to play. O estúdio já havia cortado boa parte de sua equipe no início de 2016.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários