Voxel

Desenvolvedores de Dishonored evitaram seguir os dogmas estabelecidos pela indústria

Último Vídeo

Img_normal
Quem gosta de batalhas épicas contra chefes gigantescos provavelmente vai ficar um pouco desapontado ao jogar Dishonored. Em entrevista à Kotaku, o designer Harvey Smith afirmou que o time de desenvolvimento do jogo evitou adicionar esse elemento à aventura para tentar fugir um pouco aos padrões e dogmas estabelecidos pela indústria dos jogos eletrônicos.

“Nós nunca sentimos que havia a necessidade de incluir chefes. Parece que isso é um recurso dogmático”, disse Smith. Apesar de elogiar games que possuem esse tipo de inimigo, citando Shadow of the Colossus como um bom exemplo de como eles podem ser empregados, o desenvolvedor afirmou que o foco de Dishonored é bastante diferente nesse sentido.

O designer também aproveitou para dizer que o game não quer ser considerado algo pertencente ao gênero steampunk, já que o time de arte por trás da aventura não quer que os jogadores pensem que eles estão somente regurgitando elementos velhos. “Internamente, um dos nossos objetivos era que nenhum elemento clichê fosse incluído. Então, nada de rebites, bronze ou caras usando capacetes de lata e coisas do tipo”, afirmou Smith.

Fonte: Kotaku

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.