Voxel

Desenvolvedores falam sobre modo multiplayer do Xbox One [vídeo]

Último Vídeo

Publicado ontem pelo canal oficial do Xbox, um vídeo traz diversas entrevistas cedidas por alguns dos membros de desenvolvimento do modo multiplayer do novo console da Microsoft. O tema tratado pelos executivos foi, por óbvio, as peculiaridades da jogatina online do Xbox One. Servidores dedicados, serviços em nuvem e o compartilhamento de conteúdo feito por contas Gold da Xbox LIVE foram os principais pontos destrinchados pelos figurões.

Confira a seguir o que a equipe de desenvolvimento da Microsoft tem a dizer acerca das novas formas de jogabilidade em rede prometidas para o video game que sucede o Xbox 360.

“O par perfeito”

Já publicamos algumas notícias acerca do Smart Match, lembra-se? Com este recurso, os jogadores serão capazes de engatar jogatinas com usuários “de mesmo nível”. “Os gamers serão agrupados de acordo com as suas reputações”, explica Boris Erickson, gerente de programação de aplicativos do Xbox One. O Skype, ainda, deverá sanar todas as necessidades de comunicação entre as comunidades de jogadores; nenhum efeito negativo deverá ser gerado à execução do game (saiba mais aqui).Fonte da imagem: Reprodução/Xbox

O desempenho dos jogadores, conforme esclarece Erickson, não deverá ser apenas otimizado – ele deverá ser também mantido. “Queremos que uma experiência divertida seja aproveitada pelas pessoas, ‘as afastando daquilo que elas não querem”, diz Micheal Dunn, gerente de programação da Microsoft em relação a usuários incômodos que, por vezes, acabam truncando as partidas.

Servidores dedicados

“Um servidor dedicado é nomeado como ‘hospedeiro’, o que gera uma conexão muito mais rápida para os usuários de uma perspectiva gamer”, explica John Bruno, líder de gerência de programação da empresa fundada por Bill Gates. Significa dizer que um tráfego mais fluente de informações vai existir – algo não notado, por exemplo, no tradicional esquema peer-to-peer em modo online de jogo.

Liberdade na escolha de fases

E também segundo nos informa Bruno, será possível escolher fases ou conquistas quaisquer adquiridas e mantidas pelo sistema de Cloud-Hosted. “Você vai poder acessar exatamente o ponto que quiser”, afirma o entrevistado. Mas há um detalhe: os desenvolvedores deverão criar sistemas equipados com o suporte a este robusto modo de jogo online.

?Fonte da imagem: Reprodução/Xbox

“Você já deve ter ouvido falar games que vão usar o modo multiplayer em nuvem; um deles é Titanfall. [Nesse sentido], melhorias de gráficos e de jogabilidade poderão ser feitas, uma vez que mais poder de CPU e de memória vai estar disponível”, pontua o programador.

Contas Gold e Xbox LIVE

O último grande assunto tratado pelos entrevistados foram alguns dos recursos da Xbox LIVE. Os donos de contas Gold poderão criar o que se tem chamado de “Home Gold”. De acordo com as declarações feitas por Kimberly Johnson, gerente de programação da Xbox LIVE, um perfil “família” poderá ser criado. “Os benefícios da sua conta Gold poderão ser compartilhados com seus familiares ou com os amigos que visitam a sua casa”, esclareceu Kimberly.

O Xbox One será lançado no Brasil no dia 22 de novembro pelo preço de R$ 2.200. O que esperar deste ousado console?

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.