Voxel

Designer da Irrational explica problemas da IA de BioShock Infinite

Último Vídeo

A demonstração jogável de BioShock Infinite, exibida neste final de semana durante o Video Game Awards, impressionou muita gente, mas decepcionou outros. Muito se fala sobre o “emburrecimento” da franquia e isso, aparentemente, teria ficado claro com a inteligência artificial dos inimigos exibidos em vídeo. De acordo com o designer Shawn Elliott, tudo não passa de um mal entendido.

O desenvolvedor da Irrational Games afirmou que as pessoas não precisam se preocupar com a transformação de BioShock em Call of Duty. De acordo com ele, os inimigos pareciam não enxergar o jogador por estarem em pleno combate com os Founders no momento em que o protagonista apareceu em meio ao conflito.

Outra questão foram os inimigos que levam muitos tiros para morrer, chamados pelos críticos de “esponjas de balas”. Lembrando o Big Daddy, um inimigo clássico da franquia, Elliott afirmou que os oponentes resistentes estão lá para que a narrativa de combate seja mais prolongada e exija o uso dos poderes do personagem principal.

O designer, por fim, afirma que não há problema algum com a jogabilidade ou a inteligência artificial de BioShock Infinite. O game chega ao mercado em 26 de março para PlayStation 3, PC e Xbox 360.

Fonte: NowGamer

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.