Voxel
10
Compartilhamentos

Designer de Diablo acredita que Casa de Leilões atrapalhou 3º game da série

Último Vídeo

Img_normal
O designer-chefe dos dois primeiros Diablo Stieg Hedlund revelou, durante uma entrevista à revista PC Gamer, não ser muito fã da Casa de Leilões implementada na série a partir de seu terceiro título – lançado no dia 15 de maio do ano passado para PC.

“Eu entendo a razão de eles terem decidido implantar o sistema. Não se trata de ganância. Nós, desenvolvedores de jogos, trabalhamos muito e queremos ser recompensados por isso. Então reservar parte dos tesouros para a Casa de Leilões pareceu algo interessante. Apesar disso, eu acredito que o sistema gerou um efeito bastante prejudicial no jogo, uma vez que os jogadores não conseguem ganhar aquilo que eles desejavam apenas dentro do game”, declarou.

“Como Diablo 2 ainda estava sendo vendido (e, em especial, jogado) dez anos após o seu lançamento, a Blizzard imaginou que seria possível ganhar mais por conta da longevidade de um jogo desse tipo.  Então é compreensível que eles tenham tentado encontrar uma forma de aumentar os ganhos”, concluiu Hedlund.

Recentemente, durante a Game Developers Conference, o diretor de Diablo 3, Jay Wilson, declarou também que a Casa de Leilões não é a solução ideal e que, caso fosse possível, a retiraria do jogo – uma posição bastante diferente da tomada pelo diretor na proximidade de lançamento do game.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.