Voxel

Destrinchamos o trailer “Triple Impact” de Resident Evil: Operation Raccoon City

Último Vídeo

Resident Evil: Operation Raccoon City é um jogo polêmico. Apesar de trazer de volta à franquia a clássica cidade e os zumbis como um dos inimigos, o título não é feito pela Capcom e modifica completamente a jogabilidade e o estilo de Resident Evil, deixando a série mais parecida com um shooter de guerra – e isso pode ser uma pedra no sapato daqueles acostumados com o suspense e que reclamavam dos tiroteios constantes dos últimos games.

Mas uma coisa não dá para negar: a Capcom está fazendo o máximo possível para promover o jogo da Slant Six Games (responsávelo pelo último capítulo da série SOCOM) e convencer não só os fãs da saga de que se trata de um grande título.

Nesta segunda-feira (09), por exemplo, ela liberou o trailer “Triple Impact”, que apresenta mais de cinco minutos de ação e terror para ninguém botar defeito – e é o vídeo acima que destrinchamos abaixo.

Coisa de cinema

O primeiro detalhe que salta aos olhos são os gráficos, que apresentam uma alta qualidade e estão bem mais nítidos e realistas do que os demais vídeos divulgados sobre o jogo. É possível conferir com detalhes os uniformes dos militares, além das cenas que envolvem mais violência. As imagens lembram até o filme em animação da série, Resident Evil: Degeneration.

Outro destaque são as cenas acrobáticas: uma das personagens chega a andar pelas paredes para derrotar um Licker, enquanto vários zumbis e agentes inimigos são abatidos com socos e pontapés bem desferidos. Esse tipo de combate corpo a corpo até estava presente em títulos como Resident Evil 4 e Resident Evil 5, mas em níveis bem menores. Será que é uma influência da personagem Alice e dos filmes da série, produzidos por Paul Anderson?

O novo, o velho e o zumbi

O contexto vale a pena ser comentado: a volta a Raccoon City dos primeiros jogos da série, porém sob uma visão bem diferente. Em vez de acompanharmos Leon ou Jill, entramos na pele de soldados da Umbrella ou do governo norte-americano, colocando um ponto de vista totalmente diferente da aventura. O problema em mexer com eventos já consolidados é que muitas as ações de Resident Evil: Operation Raccoon City podem ficar de fora da cronologia oficial.

Além disso, os novos personagens da USS (Umbrella Security Service, contratados para eliminar as evidências do local) e da Spec Ops (mantida pelos Estados Unidos) ainda foram pouco apresentados e podem desagradar os fãs dos jogos anteriores, mas parecem prontos para conquistarem os jogadores.

Para equilibrar, o terceiro lado do “triple impact”: zumbis, Lickers e até um modelo de Tyrant de Resident Evil 2 com uma força diferenciada podem ser vistos no trailer, somando a várias outras criaturas clássicas já confirmadas.

Se o nível gráfico e a ação ininterrupta permanecer com o mesmo alto nível no resultado final, Resident Evil: Operation Raccoon City tem tudo para agradar não só os fãs da franquia da Capcom, mas os gamers em geral. O jogo sai em 20 de março deste ano para Xbox 360, PlayStation 3 e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.