Voxel

Diretor da Techland comenta sobre habilidade polêmica de Dead Island

Último Vídeo

Img_normal

Lembra-se da polêmica envolvendo a habilidade Feminist Whore, de Dead Island? Pois a Techland, desenvolvedora do game, veio a público novamente se desculpar e explicar a origem da brincadeira de mau gosto. Segundo o estúdio, a possibilidade de fazer com que Purna cause mais dano em personagens masculinos surgiu durante o período de finalização do game.

Img_normalDe acordo o diretor da companhia, Blazej Krakowiak, a piada surgiu durante o processo de fechamento do título e que o nome ofensivo foi posto apenas para “ocupar” uma linha de programação enquanto o nome oficial não era definido, sendo que ele jamais deveria estar presente na versão final. O que houve, segundo ele, foi um deslize na revisão que fez com que o Feminist Whore passasse despercebido.

Além disso, Krakowiak afirmou que o responsável pela péssima brincadeira ainda permanece dentro da Techland, embora tenha sido advertido pela piada. No entanto, o diretor declarou que não irá pronunciar mais sobre a situação do funcionário para evitar expô-lo desnecessariamente.

Porém, mesmo com a polêmica, o diretor da Techland comemorou as boas vendas de Dead Island no Reino Unido, onde alcançou o primeiro lugar no quadro de venda de jogos.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.