Voxel

Diretor de BioShock explica como cria seus vilões

Último Vídeo

O diretor da série BioShock, Ken Levine, deu uma declaração bastante interessante sobre a forma com que ele trabalhou com os vilões de seus jogos. Segundo ele, esses personagens agem desse modo por defenderem aquilo que eles consideram como certo, como se eles fossem heróis, mas sem perceber o mal que fazem a todos. Para isso, Levine cita o exemplo de Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda do governo Nazista, que se via como vítima no meio de todas as barbaridades que ele ajudou a fazer. Levine explica que esse pensamento de “cada um é herói de sua própria história” é o que dá profundidade aos antagonistas e o que torna o enredo muito mais realista e envolvente.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.