Diretor esclarece 'furos' no roteiro de Resident Evil: Revelations 2

Diretor esclarece 'furos' no roteiro de Resident Evil: Revelations 2

Último Vídeo

Resident Evil: Revelations 2 deixou uma impressão positiva nos fãs, mesmo sendo um spin-off. Ainda assim, vários elementos do roteiro ficaram confusos ou mal explicados, como relatamos na análise do quarto episódio, "Metamorfose". Para explicar esses pontos, não haveria ninguém melhor que o próprio diretor do game — e foi exatamente dele que o site brasileiro REVIL foi atrás.

Atenção: a entrevista contém spoilers sobre o final da campanha!

Em uma entrevista publicada recentemente, o diretor Yasuhiro Anpo explicou o destino de alguns personagens e o que aconteceu durante diversas ações que foram consideradas furos no roteiro por vários jogadores. Moira, por exemplo, sobreviveu à explosão porque nem todo o Monumento desabou, mas sim apenas uma parte dele.

Anpo explica ainda que a jovem Burton não é infectada porque, no final bom, ela supera o trauma de armas de fogo e, portanto, não se assusta mais facilmente. O diretor revela que o bracelete muda de cor de acordo com a quantidade de adrenalina secretada na corrente sanguínea da vítima, mas isso só importa na infecção se a pessoa não souber controlar o próprio medo.

Mudança de consciência

Sobre o plano de Alex com relação a Natalia, Anpo diz que "a parte de Alex que vive dentro de Natalia não despertou" até certo momento da campanha de Barry. Com o passar do tempo, fragmentos da memória da vilã passam a afetar a garotinha. No final bom, entretanto, o "gatilho" que faltava para completar a troca não foi ativado — e essa dúvida, junto com a possibilidade da nova Wesker despertar a qualquer momento, é o gancho para uma futura sequência.

Por fim, Anpo celebra a boa receptividade do game, tanto na divisão episódica quanto em uma história cheia de referências ao passado. Segundo ele, que começou de programador na Capcom nos primeiros dois Resident Evil, a ideia é que a fórmula de volta às raízes da franquia seja adotada nos próximos games. Isso não depende só dele, é verdade, mas abre grandes possibilidades para o futuro da marca.

A entrevista completa pode ser conferida por este link.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.