Diretor de God of War defende games lineares após o fim da Visceral Games
1.086
Compartilhamentos

Diretor de God of War defende games lineares após o fim da Visceral Games

Último Vídeo

Quando a Electronic Arts anunciou o fim da Visceral Games, ela justificou sua atitude afirmando que o jogo de Star Wars criado por ela era muito linear e focado demais em histórias — algo que contradiz sua estratégia futura. Entre aqueles que ficaram chocados com a declaração está Cory Barlog, diretor de God of War, que usou sua conta no Twitter para defender games com tais características.

“Eu adoro jogos single player lineares. Me entristece quando a palavra linear é considerada algo ruim. Você pode ter agência em um game com uma história linear”, afirmou Barlog. O diretor também aproveitou para parabenizar alguns dos (agora) ex-membros da Visceral pelo trabalho que eles fizeram em títulos como Dead Space e Dante’s Inferno.

No passado, Barlog comparou os jogos da série God of War a uma “viagem de ônibus”, na qual você pode descer e explorar um pouco para depois embarcar e continuar sua jornada principal. Enquanto o capítulo mais recente da franquia, Ascension, apresentou elementos multiplayer, eles não foram bem recebidos e parecem estar ausentes no reinício da história que chega ao PlayStation 4 em 2018.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.