Dock do Switch amplifica desempenho, mas dentro de uma combinação de coisas

Dock do Switch amplifica desempenho, mas dentro de uma combinação de coisas

Último Vídeo

A pergunta que não quer calar: afinal de contas, o dock do Nintendo Switch dá ou não dá mais poder ao video game? A resposta é “sim”, de acordo com uma fonte ouvida pelo LetsPlayVideoGames, mas não por causa de um poder adicional vindo do dock em si, e sim por um ecossistema de fatores combinados.

Basicamente, quando o sistema está conectado ao dock por meio de um USB-C, os componentes vão rodar numa maior velocidade de clock para facilitar as resoluções de 1080p na TV. Tanto o vídeo quanto a energia serão transferidos pelo USB-C quando o console estiver no dock. Repousar o sistema ao compartimento também ativa uma ventoinha extra para ajudar a ventilar quando o clock estiver numa velocidade maior. Essa ventoinha fica na lateral do dock, e há uma lacuna entre a parte de trás do periférico que permite a ventilação do sistema.

O dock, de acordo com a fonte, é “incrivelmente leve” e surpreendentemente “barato” de se produzir. A intenção é que, algum tempo após o lançamento, docks adicionais sejam vendidos para que você possa colocá-los em diferentes cômodos da sua casa (para quem deseja transportar o aparato todo com facilidade).

O evento prometido para a imprensa em janeiro de 2017 permitirá que os visitantes botem as mãos no Switch e testem todas essas possibilidades. A aparição de algum acessório também é especulada: a EB Games da Austrália vazou um case para o Switch, cabos e até mesmo fones de ouvido. Os itens já foram deletados do site – não antes do WCCFtech registrar as imagens. Confira:

Resta aguardar. É natural que, poucos meses antes do lançamento de um console, vazamentos assim sejam cada vez mais frequentes. Como estão suas expectativas? Relate para nós na seção destinada aos comentários, bem aí embaixo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.