Voxel

“DRMs agressivas e passes online são o mesmo que andar para trás”, diz Gabe Newell

Último Vídeo


De acordo com Gabe Newell, o presidente da Valve, políticas como a cobrança de passes online (criada para evitar a venda de jogos de segunda mão) e DRMs que exigem que um jogador permaneça online são práticas de mercado ultrapassadas.

Newell acredita que o uso de práticas agressivas como essas não impedem que os direitos autorais sejam quebrados. De acordo com ele, a pirataria é uma questão de serviços e não de travas tecnológicas.

Para comprovar seu ponto, ele cita a incursão do Steam na Rússia. “Todos acharam que nós iríamos perder dinheiro lá porque o país tinha altos índices de pirataria. Acontece que os piratas tinham localizado os jogos melhor do que a própria indústria." Desse modo, ao oferecer um serviço de qualidade a companhia conseguiu conquistar o público do país (que é o terceiro maior mercado do serviço na Europa).

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.