Voxel

Dying Light poderá rodar em Full HD e a 60 fps no PS4 e XOne, diz Techland

Último Vídeo

Durante a VGX deste ano, o estúdio por trás do desenvolvimento de Dead Island mostrou a forma com que a jogabilidade em Dying Light poderá se dar. O vídeo (assista-o aqui), que rodou em Full HD no novo video game da Sony, deixou alguns jogadores encucados: qual vai ser, afinal, a resolução do jogo para os consoles PlayStation 4 e Xbox One? Haverá alguma diferença em termos de frames por segundo e quantidade de pixels espalhados pela tela?

Pois em entrevista ao portal Gaming Bolt, o diretor técnico Jakub Klarowicz, executivo da desenvolvedora Techland, disse que ambos os consoles de nova geração têm poder para executar o game a taxas gráficas elevadas. “Esperamos ter a versão final do jogo rodando a 1080 pixels e a 60 fps no PlayStation 4 e Xbox One, e parece que seremos capazes de alcançar [este objetivo]”, confirmou com segurança Klarowicz.

De acordo com Tymon Smektala, produtor do estúdio responsável pela criação de Dying Light, todo o potencial dos PCs e dos consoles da Sony e da Microsoft está sendo explorado. “Por outro lado, quisemos usar ainda o poder extremo de processamento do PS4, Xbox One e PC, então essas versões vão usar todos os avanços no campo da fidelidade gráfica, incluindo nossa base de modelo avançado de iluminação física”, pontuou Smektala.

A adoção de um sistema realista de iluminação pode parecer “perfumaria” a jogadores comuns, como sugere também o produtor da Techland. “Mas isso é algo que deveria deixar [os gamers] realmente empolgados: graças ao novo modelo de iluminação, todo o mundo do jogo parece extra realista e oferece instantaneamente + 10 de imersão”, disse Smektala ao citar as possibilidades inauguradas pela nova arquitetura dos parrudos consoles.

Dying Light chega ao Xbox One, Xbox 360, PlayStation 4, PlayStation 3 e PCs em algum momento de 2014.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.