EA afirma que jogadores não ligam mais tanto assim para games lineares
2.553
Compartilhamentos

EA afirma que jogadores não ligam mais tanto assim para games lineares

Último Vídeo

Quando a Electronic Arts anunciou o fechamento da Visceral Games, seu CEO, Andrew Wilson, garantiu que isso não estava diretamente relacionado à decisão do estúdio de fazer uma aventura single player linear de Star Wars. No entanto, uma declaração recente do CFO Blake Jorgensen contradiz essa posição e mostra que estruturas lineares aparentemente estão “mortas” para os games futuros da empresa.

O Star Wars da Visceral

“Conforme continuamos revisando o jogo, ele continuou a parecer um jogo muito mais linear, algo que as pessoas não gostam mais tanto hoje quanto gostavam há 5 ou 10 anos”, afirmou Jorgensen durante a Credit Suisse Technology, Media & Telecom Conference. Segundo ele, a Visceral estava tentando fazer um game que quebrasse barreiras, algo que era dificultado pelo fato de sua equipe só contar com aproximadamente 80 pessoas — pouco para um estúdio Triplo A.

Embora a EA tenha posto seus times de Vancouver e Montreal para ajudar no projeto, a decisão de fechar a Viceral “foi econômica, no fim das contas”. Jorgensen explica que a empresa fez o cálculo de quantas cópias precisaria vender e chegou a conclusão de que provavelmente não conseguiria alcançar essa marca.

“Você tem que cortar a ponte quando percebe que você não consegue fazer muito dinheiro com alguma coisa”

“Você tem que cortar a ponte quando percebe que você não consegue fazer muito dinheiro com alguma coisa”, afirmou Jorgensen, que complementou a frase dizendo que acredita muito em reduções de custo. O CFO também explicou que essa não é a primeira vez que a EA faz grandes mudanças em um jogo, mas que o projeto da Visceral estava tão avançado quera impossível fazer isso sem desagradar desenvolvedores e consumidores.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.