EA anuncia a compra da Respawn, de Titanfall, por mais de US$ 400 milhões
227
Compartilhamentos

EA anuncia a compra da Respawn, de Titanfall, por mais de US$ 400 milhões

Último Vídeo

Pouco após anunciar o fechamento da BioWare Montreal e da Visceral Games, a Electronic Arts anunciou na última quinta-feira (10) a compra de um novo estúdio: a Respawn Entertainment. Responsável pela série Titanfall, a empresa foi adquirida por valores que chegam a US$ 455 milhões, o que inclui dinheiro, equidade e pagamentos mediante a conquista de certos objetivos.

Aparentemente, a Electronic Arts não era a única interessada em adquirir o estúdio: documentos enviados ao site Kotaku confirmam que a publicadora sul-coreana Nexon (que publicou os games mobile de Titanfall) também fez uma oferta pela Respawn, cujo valor se mostrou inferior ao oferecido pela EA.

Titanfall

O contrato de compra prevê algumas condições para que os funcionários do estúdio recebam bônus por seu trabalho, incluindo as notas agregadas por sites como o Metacritic. Além disso, os documentos praticamente confirmam que a empresa vai trabalhar em um Titanfall 3 após seu projeto voltado para o universo de Star Wars.

Não haverá demissões ou grandes mudanças de organização dentro da Respawn

“Eu ainda vou gerenciar as coisas na Respawn e serei parte da liderança do estúdio na EA. Não haverá demissões ou grandes mudanças de organização dentro da Respawn. Todos os jogos em desenvolvimento vão continuar conforme o planejado”, afirmou o cofundador e CEO Vince Zampella.

Ainda não está claro se o estúdio continuará podendo usar suas ferramentas próprias ou se vai ter que “se encaixar” na estratégia da Electronic Arts de apostar na engine Frostbite. Tanto Titanfall quanto sua sequência foram criados a partir da Source, motor gráfico desenvolvido pela Valve.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.