EA explica como são calculadas as classificações dos jogadores em FIFA 17
110
Compartilhamentos

EA explica como são calculadas as classificações dos jogadores em FIFA 17

Último Vídeo

A nova entrada da franquia futebolística da Electronic Arts finalmente deu as caras para competir, de forma acirrada, com o concorrente PES 2017 – que agora conta com Milton Leite na narração, inclusive. Mas sabemos da força de FIFA 17 diante do competidor, especialmente porque a franquia da EA tem conseguido se renovar a cada ano que passa. Michael Mueller-Moehring, produtor na EA Sports e responsável pelas classificações dos jogadores, explicou como o sistema funciona.

Basicamente, são gerados e verificados 5,4 milhões de dados baseados em 700 clubes e 18 mil jogadores em FIFA 17. Perguntado sobre como é feita a classificação de um jogador desconhecido e que é comprado por um clube famoso de última hora, o produtor revela que sim, há o “acaso”, mas, depois, mais de 9 mil membros avaliam as capacidades do jogador, assistem às partidas dele e definem parâmetros.

Treinadores, olheiros profissionais e mais

Parte desse montante de membros que ajuda nas avaliações é composta por “olheiros” profissionais, treinadores e pessoas ligadas à indústria do esporte, além de torcedores. Então, os palpites dessas pessoas são anotados por mais de 300 editoras, que os dividem por 300 campos e 35 categorias diferentes.

Na sequência, a EA utiliza esse feedback em conjunto com seu próprio banco de dados, obtidos por outras agências, para obter as classificações que vemos na versão final do game. Ou seja: por mais que seja um trabalho “às pressas”, dependendo do contexto, é um ofício bem executado.

Números são apenas estatísticas; não confie piamente neles

Michael não deixou de alertar os jogadores a confiarem unicamente nos números na hora das escolhas. As estatísticas nem sempre revelam tudo ou são 100% precisas. “Se Messi estivesse jogando na Liga Irlandesa, os seus atributos poderiam diminuir porque ele já não estaria jogando em seu mais alto nível”, exemplificou o executivo.

Em palavras resumidas, os dados são inseridos numa fórmula que apresenta as estatísticas. Como alguns jogadores não combinam com essa fórmula, acabam por ter valores inferiores aos que a sua performance na vida real indicaria.

Nossa análise do FIFA 17 está em progresso!

O TecMundo Games tem plena ciência da importância da franquia da EA em escala nacional e sabe que muitos estão ansiosos para conferir a nossa análise. Estamos destrinchando o game para publicar o review o quanto antes. Fiquem ligados!

FIFA 17 chega para PlayStation 4, Xbox One, PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.