Voxel

EA quis enganar jogadores com Alice: Madness Returns, afirma criador

Último Vídeo

O criador de Alice: Madness Returns, American McGee, criticou publicamente o departamento de marketing da Electronic Arts por tentar enganar os jogadores. Na opinião dele, os trailers e artigos promocionais de seu mais recente título tentava passar aos jogadores a ideia de que o trabalho era um título de terror.

O resultado disso, segundo McGee, foram trailers e imagens muito mais sangrentas do que o game em si. A ideia da Electronic Arts seria afastar os jogadores casuais e as mulheres, atraindo os hardcores e passando uma ideia errada para eles.

O criador contou também que a desenvolvedora Spicy Horse, desde o início, foi contra transformar Alice: Madness Returns em um game de horror. Justamente por isso, a Electronic Arts teve a palavra final em todo o material de divulgação, que não contou com o suporte e aprovação da produtora.

Fonte: GamesIndustry

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.