Voxel

EA: resgate de franquias antigas deve ter um bom motivo

Último Vídeo


A Electronic Arts parece bastante interessada em resgatar algumas de suas marcas mais clássicas. Entretanto, isso não deveria ocorrer simplesmente para acumular alguns tostões. Deve existir algo que justifique fuçar no baú de jogos antigos, de forma que tragam algo novo para a geração atual. “Nós temos várias franquias antigas que estamos cogitando no momento... Reimaginando-as e trazendo-as de volta”, afirmou o presidente da EA Labels, Frank Gibeau, em entrevista ao site CVG durante a gamescom.

Ele continua: “Nós temos 25 anos de boas franquias com as quais trabalhamos, muitas delas tendo feito parte da minha carreira, como Road Rash e a série Strike. Então eu tenho forte afinidade com muitas coisas que fizemos no passado”.

Img_normalEntretanto, não basta relançar um velho jogo. “Nós temos uma regra que afirma que deve existir uma razão realmente boa para trazer algo de volta — o que nós poderíamos fazer para torná-lo renovado e capaz de acrescentar algo à franquia?”, pergunta, retoricamente, Gibeau. Segundo o executivo, trata-se de processo semelhante ao que trouxe Medal of Honor de volta. “Nós queríamos partir para temas mais modernos... Para uma guerra que estivesse ocorrendo hoje, em vez de algo histórico.”

Para Gibeau, o desafio é encontrar um novo formato para as franquias clássicas da produtora. “Quando olhamos para jogos como Road Rash, para a série Strikes ou qualquer outra franquia [antiga], nós realmente nos desafiamos. Não podemos simplesmente colocá-los em uma nova tecnologia com a mesma jogabilidade de dez anos atrás; nós precisamos de algo novo. Esse é o típico desafio que temos.”

Rumores recentes apontam que a EA estaria produzindo um remake para o game Syndicate, enquanto que o renascimento de Road Rash parece ter sido cancelado. Fique ligado para mais novidades aqui no BJ.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.