Voxel

Electronic Arts fecha o ano fiscal com um lucro menor que o esperado

Último Vídeo

Fonte da imagem: Divulgação/EAA Electronic Arts fechou o ano fiscal de 2013, no último dia 31 de março, com resultados abaixo do esperado. De acordo com o relatório financeiro, o lucro (GAAP) foi de 3,73 bilhão contra 4,18 bilhão do ano anterior.

 

O relatório financeiro divulgado agora é o primeiro desde que o CEO John Riccitiello deixou a liderança da empresa. O executivo comandou grandes aquisições, como a PopCap Games, e investiu pesado no sistema de distribuição digital.

Quem está ocupando a cadeira executiva temporariamente é Larry Probst, ex-CEO da companhia. O executivo afirmou: “Nós estamos entrando em um novo ano fiscal e a EA está bem posicionada para o crescimento dinâmico na próxima geração de consoles, PCs e plataformas móveis. Com jogos de classe mundial, um negócio digital que cresce rapidamente, e talento criativo de alto nível, estamos animados sobre a estratégia da EA para o ano fiscal de 2014 e além”.

Fonte da imagem: Divulgação/EA

Analistas de mercado, como Michael Pachter, acreditam que parte na queda do lucro da companhia seja decorrente das baixas vendas de Medal of Honor: Warfighter, a falta de um game da série NBA, e o atraso de Fuse. Além disso, o declínio nos jogos sociais da empresa também teria sido responsável pelo problema.

SimCity apresentou diversos problemas no lançamento e vendeu cerca de 1,4 milhões de unidades, sendo que metade desse total é decorrente de vendas pela Origin, a loja digital da EA. O rendimento trazido pela loja digital também aumentou consideravelmente no último trimestre de 2012, demonstrando um aumento de 45% ano após ano.

Novos lançamentos para o futuro

Os especialistas também acreditam que a EA deverá reverter a situação e aumentar razoavelmente o seu lucro no ano fiscal de 2014 — que iniciou no dia 1 de abril. A EA deve lançar a versão para Mac de SimCity, além de versões “14” de FIFA, NHL e NCAA Football.

A empresa também já anunciou o quarto capítulo do game de simulação de pessoas The Sims e Battlefield 4, que deverá estrear a engine Frostbite 3 trazendo gráficos ainda mais realistas para as plataformas. Um novo Need For Speed também deve pintar até o final do ano, assim como Madden NFL 25.

Img_normal
A chegada do novo console da Sony também deve alavancar as vendas dos jogos da empresa no próximo ano, assim como versões móveis para tablets e smartphones de alguns games da empresa. O ramo social também não deve ficar de fora: a Electronic Arts anunciou o lançamento de Plants vs. Zombies Adventures.

Os novos games da franquia Star Wars, porém, não deve chegar antes de abril de 2014, conforme o próprio Larry Probst já confirmou.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.