Electronic Arts mantém seu compromisso com microtransações
369
Compartilhamentos

Electronic Arts mantém seu compromisso com microtransações

Último Vídeo

Durante sua mais recente conferência com acionistas, a Electronic Arts afirmou que não está disposta a abandonar sua estratégia de oferecer “serviços ao vivo” e microtransações em seus jogos — nem mesmo após o resultado desastroso que isso trouxe a Star Wars Battlefront II. Segundo o CEO Andrew Wilson, quando isso é feito “da forma certa”, os jogadores têm em mãos um elemento que permite estender suas experiências.

“Daqui em diante, acreditamos que serviços ao vivo que incluem monetização digital opcional, quando feitos de forma certa, oferecem um elemento de escolha muito importante que pode estender e melhorar a experiência em nossos games”, afirmou Wilson. “Estamos comprometidos a trabalhar continuamente com nossos jogadores para entregar a experiência certa em cada um de nossos jogos e serviços ao vivo”.

Star Wars Battlefront II

O CEO classificou Star Wars Battlefront II como uma “experiência de aprendizado” que ajudou a companhia a trabalhar mais próxima à comunidade de fãs. O jogo de tiro teve suas microtransações desligadas pouco antes de seu lançamento, mas elas devem voltar “nos próximos meses” de uma forma ainda não especificada pela desenvolvedora.

A decisão de continuar apostando nesse modelo de negócios não é inesperada: os serviços ao vivo da EA registraram vendas de US$ 787 milhões no último trimestre, um crescimento de 39% em relação ao mesmo período do ano passado. Durante a reunião com acionistas, Wilson elogiou a expressividade da comunidade de fãs do jogo e reconheceu que a desenvolvedora não acertou na forma de monetizá-lo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.