Voxel
20
Compartilhamentos

Em DriveClub, você vai sentir o asfalto sem mergulhar no complicado mundo da simulação

Último Vídeo

Img_normal
Para os amantes de velocidade, a nova geração já começa com o pé direito. No caso do PlayStation 4, DriveClub já chega ao console da Sony acelerando forte e empolgando quem sonha em pilotar grandes máquinas. E sabendo das expectativas sobre o título, os desenvolvedores decidiram comentar algumas das novidades que estão por vir na carona.

A principal delas é que você não precisa ser um ninja dos controles para poder aproveitar tudo aquilo que a Evolution preparou. De acordo com o diretor de design do jogo, Paul Rustchynsky, o foco que a produtora está dando ao game está na diversão e não na forma como você joga. Para ele, o título ainda vai testar suas habilidades ao volante, mas isso não é a única exigência para que você possa se dar bem durante as corridas.

Img_normal
Rustchynsky explica que o objetivo em DriveClub não é apenas fazer com que você procure a melhor volta e corra contra o tempo. Segundo o diretor, o principal desafio está em ajudar a pontuação de seu clube, uma vez que o trabalho em equipe é o principal elemento das disputas.

Sentindo seu carro

Além disso, ele comenta que teremos uma grande variedade de cenários disponíveis e que o jogo não ficará limitado somente aos tradicionais autódromos que estamos acostumados a ver. Ele afirma que sabe que todos gostam de pilotar em circuitos como os de Silverstone, mas que a desenvolvedora decidiu buscar algo diferente e foi além. Portanto, podemos esperar circuitos mais selvagens em pistas nas montanhas e outros trajetos menos tradicionais.

Img_normalO que eu estou fazendo nesse jogo?

E essa diversidade não é algo que perceberemos apenas visualmente, mas também na direção. Rustchynsky explica que essa variedade vai resultar em efeitos que sentiremos em meio à aceleração. Alternar entre uma pista e outra vai gerar efeitos diversos no comportamento do veículo e, consequentemente, na sua estratégia.

Essa sensibilidade se dá por conta do sistema avançado de simulação que a Evolution preparou para recriar o funcionamento dos pneus, suspensões e outros elementos do veículo ficassem o mais próximo possível do real. Por outro lado, o diretor de design conta que o objetivo da produtora não é sobrecarregar o jogador com todas essas informações, uma vez que o foco está mais na diversão do que na recriação desses componentes.

Img_normal
Mostrando ao mundo seu carango

Por fim, Rustchynsky se mostra bastante orgulhoso do trabalho que a Evolution vem fazendo no desenvolvimento de DriveClub. Ele conta que cada modelo de veículo levou uma média de seis meses para ser finalizado e que isso fez com que a quantidade de detalhes ficasse tão impressionante que todos os membros da equipe de criação abusaram do botão Share do PS4.

Segundo o diretor, todos queriam mostrar aos outros como os carros estavam bonitos e como eles conseguiram realizar aquela curva de maneira incrível e que o novo recurso do PlayStation 4 foi perfeito para isso. Desse modo, ele afirma que está ansioso para ver como os jogadores vão lidar com essa ferramenta em seu jogo.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.