Empresas se unem em solidariedade aos funcionários demitidos da Visceral
354
Compartilhamentos

Empresas se unem em solidariedade aos funcionários demitidos da Visceral

Último Vídeo

Diante da notícia de que a Electronic Arts vai encerrar as atividades da Visceral Games — colocando o futuro do Star Wars de Amy Hennig em jogo — diversas desenvolvedoras se uniram para ajudar os ex-funcionários do estúdio a encontrar novas posições. A hashtag #VisceralJobs está sendo usada no Twitter como forma de divulgar oportunidades de trabalho em diversas empresas ao redor do mundo.

Entre as companhias que se juntaram à campanha estão nomes como Treyarch (Call of Duty), Avalanche Studios (Just Cause), CD Projekt RED (The Witcher), Naughty Dog (Uncharted) e várias outras. Ironicamente, até mesmo a Motive Studios se juntou à campanha — o estúdio em questão foi apontado pela Electronic Arts como um dos destinos possíveis para quem estava trabalhando na Visceral.

Com centenas de contribuições, a hashtag também foi usada por empresas como Bungie (Destiny), Boss Key (LawBreakers), Remedy Entertainment (Quantum Break) e Rockstar Games (Grand Theft Auto), entre muitas outras. A hashtag também está sendo usada por alguns para pedir o boicote de jogos como Star Wars Battlefront 2, cujo modelo de negócios faz muitos suporem que as partidas online podem cair no esquema “pay to win”.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.