Voxel

Entenda o uso dos “trilhos aéreos” de BioShock Infinite

Último Vídeo

Em um diário da produção de BioShock Infinite, Ken Levine, diretor criativo do game, explicou a utilização das skylines, os trilhos aéreos presentes na cidade de Colombia, que dá cenário ao game. De acordo com ele, os sistemas, originalmente, eram utilizados para transporte de mercadorias e pessoas de uma ilha para outra.

Com o tempo, crianças começaram a utilizar os trilhos para se locomover mais rapidamente e realizar tranquinagens e acrobacias. Com o tempo e o aumento da violência da cidade, as skylines começaram a ser utilizadas também como meios de combate e maneiras ágeis de se sair de uma zona perigosa.

Ainda, de acordo com Levine, uma das grandes frustrações dos dois primeiros games da série era, apesar de se passarem no fundo do mar, os jogos não passarem a sensação de luta aquática. Em Infinite, os produtores queriam corrigir esse problema e utilizam os itens aéreos como mais uma forma de variar a jogabilidade e realmente passar a sensação de se estar nas alturas.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.