Voxel

Equipe está empolgada! Forza 6 Apex roda em 4K e 60fps no Scorpio com folga

Último Vídeo

O Project Scorpio é um monstro. Pura força bruta em um console que promete trazer uma biblioteca inteira de jogos em 4K sem esforços. O hardware de causar inveja provavelmente trará resultados incríveis para os fãs e todos estão empolgados por isso. Por isso é sempre bom saber que a Turn 10, desenvolvedora por trás de Forza, está animada também.

Em alguns trabalhos rápidos, a produtora conquistou resultados impressionantes na nova máquina. Em entrevista ao Eurogamer e Digital Foundry na semana passada, a equipe revelou que portou às pressas o Forza Motorsport 6 Apex, a versão de PC, ao Project Scorpio. O resultado beira o absurdo de tão bom: resolução 4K nativa, 60 fps fixos, qualidade equivalente a ultra dos computadores e uso de 88% da GPU.

Forza Motorsport rodando em 4K e 60 fps no Scorpio

Esse resultado por si só já é impressionante. Porém, ele melhor ainda mais quando a Turn 10 explica que se trata de um port rápido da versão de PC, ou seja, sequer está otimizado. Isso só demonstra todo o poder de fogo que o Scorpio tem a oferecer. Para favorecer ainda mais o lado do console da Microsoft, a Turn 10 diz que rodar Forza nos parâmetros Ultra é só um grande “desperdício de desempenho”, pois esse modo traz todos os carros (mesmo os que estão muito longe da câmera) no mesmo nível de qualidade do automóvel do jogador. Em outras palavras: o game não está bem otimizado, está rodando no máximo e com muitas funcionalidades desnecessárias, mas mesmo assim aguenta o tranco sem pestanejar.

A ForzaTech roda em 4K, 60 fps, Ultra settings e sem otimização, e mesmo assim teve sobra de desempenho na GPU

A Turn 10 ajudou a definir o hardware

Sem sombra de dúvidas, a Turn 10 Studios é uma das companhias mais importantes para a Microsoft na atualidade e ela tem trabalhado junto com a chefona para construir o hardware do Scorpio há muitos anos. Portanto, era de se esperar que mesmo um port rápido funcionasse bem, já que a empresa trabalhou lado a lado para definir as especificações técnicas.

De uma forma ou de outra, o resultado é simplesmente impressionante e mostra a folga que o Scorpio tem em rodar games atuais em 4K, 60 fps e qualidade máxima. Contudo, trata-se apenas de um jogo e um único motor gráfico por enquanto – lembrando que é da empresa que ajudou no hardware –, ou seja, por mais animador que seja, é preciso ver como as outras engines vão se comportar nesse hardware.

Tudo deve rodar com muita folga, mas cada desenvolvedora vai precisar se adaptar à nova SDK do Scorpio

Caso uma empresa não consiga usar bem o novo poder de fogo, será preciso um esforço para entender o novo hardware e otimizar na medida certa. Por exemplo: se a Frostbite não rodar tão bem quanto o esperado, caberá a EA correr atrás e fazer os ajustes finos. De uma forma ou de outra, a Microsoft está se aproximando das desenvolvedoras e é bem difícil que isso aconteça.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.