Essência de Dragon Age: Inquisition foi construída no seu modo multiplayer

Essência de Dragon Age: Inquisition foi construída no seu modo multiplayer

Último Vídeo

Em entrevista para o site GamesIndustry, Mark Darrah, produtor executivo da BioWare, revelou que o modo multiplayer de Dragon Age: Inquisition, até então inédito na franquia, não foi algo adaptado ou que tenha sido decidido de última hora.

Na verdade, segundo o executivo da produtora, a base de desenvolvimento deste título foi calcada na jogatina online entre vários jogadores. "Tivemos um projeto de codinome Blackfoot o qual foi o primeiro jogo que tivemos que iria usar o motor gráfico Frostbite", contou Darrah.

"Era um jogo Dragon Age, apenas multijogador e que esteve em desenvolvimento antes de Dragon Age II ter sido lançado. Ele acabou sendo o núcleo daquilo que Dragon Age: Inquisition se tornou. Por isso, na verdade, temos trabalhado nisso [o modo multiplayer] há bastante tempo", complementou o produtor.

Além disso, o executivo da BioWare relatou que a ideia com isso é resgatar uma característica dos títulos desse gênero. "Nos seus primórdios, os RPGs promoviam uma experiência ‘multiplayer’. Você sentava em uma mesa com seus amigos e jogava com caneta e papel", explicou ele.

"Durante muitos anos, nos computadores temos visto uma experiência solitária. [...] Esta é uma tentativa de voltarmos a ter essa sensação, de que você pode fazer algo, de ter uma experiência de fantasia, mas de uma forma muito mais simples", finalizou Darrah. Para saber nossas primeiras impressões de Dragon Age: Inquisition, clique aqui.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.