Estrelas do Brasil se apagam de vez e são eliminadas do All-Star de LoL
Seja o primeiro a compartilhar

Estrelas do Brasil se apagam de vez e são eliminadas do All-Star de LoL

Último Vídeo

Com um primeiro dia de altos e baixos, o Brasil precisava vencer a primeira partida contra a região da GPL, para ao menos levar para uma partida de desempate e continuar na competição.

Com um bom começo de jogo, os brasileiros não colocaram sua formação com alta mobilidade global para funcionar, ficando atrás em todas as rotações.

Mesmo neutralizando o ponto forte do time adversário (o caçador Levi), a equipe da GPL conseguiu se organizar, principalmente com seu toplaner. Com a derrota, os brasileiros apenas cumpriram tabela contra a equipe chinesa, que mesmo já classificada, não aliviou para os verde amarelos, conseguindo sua terceira vitória de forma avassaladora.

Restando “brTT” para seguir com o Brasil na competição, o atirador brasileiro reencontrou o seu algoz da última partida, o jogador chinês “Uzi”. O resultado não foi diferente: defendendo muito bem seu título de campeão do x1, o atirador da equipe chinesa venceu “o pai de todos” com certa facilidade, pelo quesito de farm.

Com os jogos, as semifinais – tanto do 5x5 quanto do 1x1 – foram definidas: a China (LPL) encara Coreia (LCK), no confronto das regiões ditas como mais fortes. Logo depois, outro confronto de muita rivalidade, Taiwan (LMS) contra Sudeste Asiático (GPL). Já nos embates solo, Bjergsen enfrenta Jisu, enquanto em outro combate temos o atual campão Uzi enfrentando PraY.

Europa (LCS EU) x Turquia (TCL)

Com a derrota no primeiro dia, as duas equipes precisavam ganhar para ainda manter o sonho da classificação vivo. Com isso, os turcos tentaram uma emboscada em “sOAZ” logo no começo da partida, mas com uma boa visão de jogo, “Jankos” aparece, salva seu companheiro de equipe e abre o placar em abates para os europeus. O restante da partida foi um reflexo desta primeira jogada, o caçador europeu rodou o mapa inteiro, colocando muito pressão nos inimigos com seu Kha’zix, sendo peça chave para a vitória da equipe da LCS.

 América do Norte (LCS NA) x Sudeste Asiático (GPL)

Com uma partida equilibrada até os 15 minutos, a estrela do Sudeste Asiático brilhou e desequilibrou o jogo. O caçador “Levi” não deixou a equipe norte americana respirar, o jogador utilizou muito bem o kit do Lee Sin, criando jogadas muito boas, sempre entregando de bandeja os principais causadores de dano da equipe americana. Assim, as lutas terminavam muito bem para a GPL, que conseguiu vencer sua primeira partida no All-Star.

 Europa (LCS EU) x Taiwan (LMS)

Após conquistar sua primeira vitória no campeonato, a Europa resolveu trazer uma novidade para a sua composição, colocando um Kog Maw na sua rota do meio. A escolha inusitada não se valeu, ainda mais contra a equipe que vinha de vitória da toda poderosa Coréia.

Apesar da escolha diferente, o jogo se decidiu pela rota superior, onde “Ziv”, mesmo sofrendo pressão no começo da partida, conseguiu virar contra seu adversário de rota. Com isso, ele distribuiu essa vantagem para seus companheiros da LMS, que venceu sua terceira partida e garantindo a primeira colocação no grupo A e passagem para a próxima fase.

 Brasil (CBLoL) x Sudeste Asiático (GPL)

Precisando vencer para ainda ter chance de avançar para a próxima fase, o time brasileiro começou com muita força, focando na parte superior do mapa. A dupla “Vvvert” e “Revolta” trabalharam muito bem, anulando ao máximo o Jayce do “Jisu”.

Além disso, a grande estrela da GPL, o seu caçador “Levi”, não conseguiu aparecer. O começo do jogo foi totalmente brasileiro, com muita pressão, mas mesmo assim, a equipe do Sudeste Asiático conseguiu derrubar a primeira torre.

Os brasileiros, mesmo tendo uma composição que conseguiu se mover muito bem pelo mapa, perdia nas rotações. Após uma luta forçada na rota superior, o Brasil perde muitos jogadores e, a partir daí, o jogo vira.

O Jayce do “Jisu” volta muito bem na partida, fazendo muito bem o trabalho de empurrar as rotas solo, fazendo os brasileiros ficarem cada vez mais perdidos, e atrás no placar. Numa disputa pelo barão, a GPL luta melhor, elimina a equipe verde amarela, vence e segue na competição.

Coreia (LCK) x Turquia (TCL)

Buscando se recuperar da derrota perante a LMS, o dream team da Coréia foi dominante do começo ao fim. Os turcos buscaram minar o melhor jogador do mundo, tentando emboscadas constantes ao “Faker”, mas com isso, abdicaram do resto do mapa. Com isso, ficou fácil da LCK controlar e distribuir o jogo e conseguir mais uma vitória.

China (LPL) x Brasil (CBLoL)

A já eliminada equipe brasileira cumpriu tabela no último jogo em equipes da noite trazendo escolhas mais pessoais, como o, Draven do “brTT”. Apesar da dupla da rota inferior brasileira conseguir um abate logo no começo, a equipe chinesa provou o porque ser uma das regiões mais fortes de League of Legends.

Aos 20 minutos de jogo os chineses contabilizavam uma vantagem de ouro que ultrapassava os 20 mil, 22 abates a 2, foi um verdadeiro passeio, encerrando a participação brasileira no 5x5.

Na seqüência da noite, começaram as disputados de “x1” com “Pray” duelando com “Swordart”, com este segundo escolhendo um Nasus. Mesmo com um personagem mais voltado para o farm e crescer, Sword aceita a troca, que acaba melhor para Pray, avançando para as semifinais. Confronto de “Jhins” no segundo x1 da noite, com o atirador da Europa, Rekkles se saindo melhor.

https://i.imgur.com/ojGaA35.jpg?w=1040

No confronto entre lendas, “Faker” e “Bjergsen” fizeram um jogo muito disputado, o jogador da rota do meio da TSM controlou muito bem o farm e a volta à base do coreano, conseguindo assim uma vitória até tranqüila. Na seqüência, mesmo com uma escolha diferente de Olaf, o jogador da rota do topo da GPL, venceu o suporte chinês.

Representando a última chance do Brasil seguir em disputas no All-Star, “brTT” enfrentou o atual campeão do desafio, o atirador “Uzi”. Num confronto combinado de Miss Fortune, os jogadores começaram com trocas francas, mas o atual campeão fez escolhas melhores de itens e venceu o brasileiro com larga vantagem no farm.

Na última disputa da noite, “PraY” e “ Rekkles” fizeram um confronto de Garen, com o vacilo do atirador Europeu, que ao provocar o coreano, foi eliminado de maneira rápida, debaixo da própria torre.

As semifinais do All-Star começam às 21h (horário de Brasília) neste sábado (09).

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.