Voxel

Estúdios “Triplo A” diminuíram em 80% na última geração, afirma executivo da EA

Último Vídeo

Fonte da imagem: Reprodução/CVG
Durante a próxima geração de consoles, podemos ter que lidar com o lançamento de menos títulos considerados “Triplo A”. É o que afirma Richard Hilleman, executivo da Electronic Arts, que calcula que o número de estúdios dispostos a desenvolver games com essa escala diminui em 80% durante a última geração de consoles.

Segundo Hillmeman, no início do último ciclo havia 125 empresas ao redor do mundo que estavam trabalhando em grandes jogos. Atualmente, somente 25 estúdios estão preparando produtos que se encaixam nessa categoria.

O executivo afirma que a diminuição na escala dos projetos não significa que a indústria perdeu profissionais. Segundo ele, o número de profissionais necessários para criar um game em grande escala praticamente quadruplicou, o que acabou fazendo com que as empresas que restaram absorvessem a mão de obra daquelas que abandonaram os games AAA.

Tendência à estabilidade

Hilleman acredita que essa mudança de composição é responsabilidade da transição que a indústria fez para os padrões de alta definição. “Se você analisar os dados, a mudança é consequência dos conteúdos que, conforme evoluímos, se tornaram substancialmente mais caros. E o número de pessoas em times com essa visão aumentou por necessidade”.

O veterano da indústria acredita que a próxima geração de consoles vai registrar uma estabilidade no número de profissionais empregados em grandes projetos. “Eu não vejo esse tipo de mudança orientada ao conteúdo chegando às novas plataformas”, afirma ele em sua análise.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.