Voxel

Estudo diz que o anonimato em jogos online pode estimular mau comportamento

Último Vídeo

Um grupo de pesquisadores de Singapura diz que o anonimato, um dos fatores que pode estimular certo mau comportamento nos jogos online, é algo que pode ser combatido pelo próprio anonimato das pessoas e com o auxílio dos desenvolvedores de games. Em um estudo recentemente publicado por Vivian Chen e Yuehua Wu, os dois pesquisadores disseram que as pessoas trapaceiam nos jogos pois veem isso como algo normal.

Os dois acadêmicos coletaram dados de 900 adolescentes e perceberam que as comunidades com jogadores anônimos exercem um poder social no ambiente digital, forçando os outros usuários a seguir suas regras se quiserem participar do grupo.

De acordo com Chen e Wu, as pessoas costumam trapacear com desconhecidos que interagem nos jogos online. Isso ocorre graças às influências dos grupos nos jogos, já que os gamers costumam seguir as regras do grupo ao invés de seguir as do próprio game (se isso for possível). O fato de você permanecer anônimo em muitos dos games faz com que esse comportamento seja mais comum.

Aparentemente inofensivo, potencialmente problemático

“Um grupo online, mesmo que seja instável e naturalmente imaginário, é poderoso na construção e na modificação das atitudes e dos pontos de vista de seus membros no aspecto comportamental. Desse modo, um comportamento problemático que é visto como algo errado pode ser reconstruído com interpretações diferentes”, diz o estudo.

Para reverter esse quadro, Chen e Wu afirmam que os próprios jogadores, então beneficiados com o poder do anonimato, devem modificar e disseminar um comportamento adequado nos jogos online. Desse modo, outros grupos repetirão a mesma atitude, fazendo do ambiente online um lugar mais saudável.

“Em longo prazo, o estabelecimento de atitudes amigáveis na comunidade de jogos ajudará na prevenção de comportamentos ruins”, diz Chen. Os pesquisadores dizem que o fato de as pessoas permanecerem anônimas nos jogos não é um fator determinante para mudança de comportamento, por mais que seja algo bastante importante. Quando estão desprovidos de identidade, os usuários costumam abraçar os ideais do grupo ao invés do que é considerado certo ou errado.

Melhores ambientes online para todos os jogadores

Chen diz que um método que possivelmente pode ajudar nos conflitos em jogos online é obrigar que as pessoas utilizem seus nomes reais durante as jogatinas – mesmo que seja algo bastante improvável de ocorrer. Por outro lado, o anonimato também possui seus benefícios, já que as pessoas podem conversar sobre diferentes assuntos sem medos (se o jogo em questão permitir).

Chen e Wu falam que qualquer mudança comportamental nos ambientes digitais requer certo tempo, porém que alguns aspectos podem acelerar o processo. Por exemplo, jogos que sejam mais rigorosos em suas normas e que verifiquem o que os gamers realizam constantemente. “Se os desenvolvedores criarem títulos que não incentivem os jogadores em suas trapaças, eu acredito que isso já irá ajudar no combate ao mau comportamento”, finalizou Chen. 

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.