EVO Online 2020 é cancelada após denúncias de abuso sexual

EVO Online 2020 é cancelada após denúncias de abuso sexual

Último Vídeo

A Evolution Championship Series, também conhecida como EVO 2020 teve sua versão online cancelada oficialmente depois que acusações de abuso sexual e pedofilia envolveram seu CEO. Joey Cuellar foi demitido da empresa organizadora logo após as denúncias e substituído prontamente por Tony Cannon. Os casos pelos quais Cuellar foi acusado teriam ocorrido há 19 anos.

(EVO/Reprodução)(EVO/Reprodução)

O evento inicialmente aconteceria entre 31 de julho e 2 de agosto, mas por conta da pandemia do coronavírus uma versão digital foi planejada. Tudo começaria neste final de semana, começando no sábado (4). A EVO Online 2020 teria atividades em todos os finais de semana de julho.

Em uma declaração oficial sobre o cancelamento do evento, compartilhada em sua conta oficial no Twitter, a EVO confirma o afastamento de Joey Cuellar, alegando que ele não está mais envolvido em nada referente à EVO.



“Estamos chocados e tristes com esses acontecimentos, mas também estamos comprometidos em fazer todas as mudanças necessárias para tornar a EVO um modelo melhor para a cultura mais forte e segura que todos buscamos. Como resultado, cancelaremos a EVO Online e trabalharemos para emitir reembolsos para todos os jogadores que escolheram comprar um crachá. Doaremos o equivalente ao produto, conforme prometido ao Projeto HOPE”, concluiu o comunicado.

Antes mesmo que o cancelamento fosse oficializado, algumas empresas que participariam do evento compartilharam, também pelo Twitter, seu afastamento da EVO Online.

A Bandai Namco afirmou que se solidarizava com aqueles que manifestaram seu descontentamento com relação ao abuso na comunidade gamer. Já a Capcom disse que em respeito às vítimas, sua participação seria retirada do evento digital. Entre as empresas que se manifestaram via redes sociais também estão a Mane6 e a NetherRealm Studios.

Em nota, Cuellar afirmou que nunca quis machucar ninguém. “Eu era jovem e imprudente e fiz coisas das quais não me orgulho”, disse o ex-CEO da EVO.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários