Voxel

Após um excepcional começo de ano, junho esfria, mas traz bons lançamentos

Último Vídeo

Após um início de ano quentíssimo nos games, embalado a todo vapor praticamente até agora, chegou a hora de dar uma respirada, retomar o fôlego e amornar um pouco os ânimos em junho. O mês representa um típico período de lançamentos menos expressivos em função da E3, que acaba desviando a atenção de todos os holofotes da indústria.

Mas não se engane: junho também reserva boas surpresas. O mês dos namorados oferece destaques a todas as plataformas, até mesmo para um conformado – mas não abatido – PS Vita. O Switch recebe um forte exclusivo prometido para o início do ciclo de vida do console, enquanto os donos de PS4 serão agraciados com uma certa coletânea saudosista.

Vejamos os 10 lançamentos mais quentes de junho de 2017!

10. Wipeout: Omega Collection – 6 de junho (PS4)

A melhor resposta possível da Sony para o F-Zero da Nintendo foi Wipeout. Sem o mesmo peso, sem a mesma física nem o mesmo carisma, mas divertido o suficiente para quem curte corridas espaciais numa temática bastante futurista. Essa coleção traz Wipeout HD, Wipeout HD Fury e Wipeout 2048, todos repaginados num visual lindão para o PS4. Uma coletânea imprescindível a qualquer fã.

9. God Wars: Future Past – 20 de junho (PS4 e PS Vita)

Esse RPG tático teve divulgação discreta e mais voltada ao mercado asiático, até porque sua temática se passa inteiramente no Japão e é baseada no registro histórico mais antigo do país, o livro Kojiki. Várias facções entram em conflito em batalhas dinâmicas bem ao estilo Final Fantasy Tactics e uma história sobre uma jovem garota que deve fugir de seu destino como um sacrifício aos deuses. Não confunda com God of War, hein?

8. Valkyria Revolution – 27 de junho (PS4, PS Vita e Xbox One)

Valkyria Revolution trará novos ares a uma clássica franquia do JRPG. Os anteriores sempre focaram em combate estratégico baseado em turnos; Revolution, por sua vez, será mais dedicado às mecânicas de ação, com um vasto leque de ataques corpo a corpo, feitiços e muita customização.

7. The Elder Scrolls Online: Morrowind – 6 de junho (PS4, Xbox One e PC)

Qual foi a última vez que você visitou a região de Vvanderfell, um dos ambientes mais lindos dos games? Se faz tempo que você não joga o seu The Elder Scrolls 3: Morrowind, The Elder Scrolls Online: Morrowind é a oportunidade perfeita para revisitar o local numa expansão que tem mais de 30 horas de gameplay, novidades em PvP e uma classe inédita, Warden. Você cresceu, e Morrowind também.

6. Final Fantasy XIV: Stormblood – 20 de junho (PS4 e PC)

A nova expansão de Final Fantasy XIV traz uma camada de coisas fresquinhas ao MMORPG: novas regiões, cidades, nível máximo e capacidade do inventário estão entre as novidades. Também há classes de trabalho inéditas por aqui. Nunca jogou e quer experimentar na faixa? Você pode: a Square Enix permite jogar até o nível 35 sem que o jogador precise desembolsar um centavo da mensalidade. Aproveite o embalo da nova expansão para eliminar essa dúvida entre comprar ou não.

5. Dirt 4 – 6 de junho (PS4, Xbox One e PC)

Pra quem gosta de se esbaldar em corridas off-road, a série Dirt sempre foi uma das melhores opções do mercado, até porque tem a competência da Codemasters, veterana no gênero. Dirt 3, para que se tenha uma ideia, é de 2010. Agora, sete anos depois, a evolução da franquia trará pistas e veículos atualizados – com respeito à fórmula que consagrou a série. 

4. Nex Machina – 20 de junho (PS4 e PC)

Nex Machina é o novo projeto da Housemarque, desenvolvedora independente que ganhou notoriedade com Dead Nation, Resogun e Alienation. A ideia da nova empreitada é trazer um twin-stick shooter isométrico aos moldes de Dead Nation, mas com uma pimenta frenética que dará um ritmo rápido à experiência, com direito a chefões gigantes, vasto arsenal e aquele visual lindão ao qual já estamos acostumados.

3. ARMS – 16 de junho (Nintendo Switch)

Eis aqui uma das promessas da Nintendo para manter o bom ritmo do Switch no início de seu ciclo de vida. ARMS foi um dos títulos de anúncio do console e é mais profundo do que muitos jogadores pensam. Imagine um Punch-Out que faz uso dos Joy-cons e requer os mesmos reflexos, com diferentes combinações de golpes e movimentos. É um disfarce de jogo casual, mas, como um autêntico produto Nintendo, tem potencial pra agradar todo mundo.

2. Crash Bandicoot N. Sane Trilogy – 30 de junho (PS4)

O ex-mascote da família PlayStation finalmente regressa à casa de onde nunca deveria ter saído. Crash Bandicoot N. Sane Trilogy ainda não é exatamente a nova aventura que muitos esperavam do marsupial, mas trará os três clássicos do PS1 remasterizados no PS4, com uma lista de troféus fresquinha e aquele tapa no visual. Se fizer sucesso, quem sabe a Activision não pense em trazer um título completamente inédito ou remasterizar Crash Team Racing, outro clássico do primeiro PlayStation?

1. Tekken 7 – 2 de junho (PS4, Xbox One e PC)

O jogo mais forte de junho não poderia ser outro: Tekken 7 abre o mês com os dois pés no peito, literalmente, sob a promessa de agradar novatos e veteranos com um robusto modo história, ampla seleção de lutadores antigos e novos, cenários inéditos e recursos online para torneios, num claro objetivo de se colocar no circuito dos e-Sports. Sem falar que Tekken é sempre sinônimo de nostalgia – com um toque moderno e respeitoso a todos os fãs do gênero.

Sem menções honrosas?

Olha, é um infortúnio que as menções honrosas deste mês estejam fracas. Temos o primeiro episódio de Guardiões da Galáxia da Telltale, alguns JRPGs menores e uma ou outra coisa no cenário mobile. Portanto, este é o período perfeito para você aproveitar e eliminar aquelas pendências da lista!

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.