Voxel

Executivo da Sony explica por que Vita não terá tela 3D

Último Vídeo


Sabe aquele efeito 3D questionável em que você mal sente a profundidade da cena? Pois saiba que o público não se interessa por algo meia-boca assim — ao menos é o que diz a Sony ao explicar o motivo pelo qual o PlayStation Vita não terá suporte à tecnologia tridimensional.

De acordo com o executivo da empresa, Mick Hocking, a decisão de não optar pelo mundo em três dimensões foi feita para preservar a experiência de alta qualidade do portátil. Para ele, o 3D sem óculos pode funcionar muito bem em telas pequenas, mas isso também obriga o jogador a manter a cabeça em uma posição certa para enxergar a prometida profundidade.

Desse modo, explica Hocking, não seria possível transportar a novidade para o sucessor do PSP, principalmente por conta do sensor de movimentos do Sixaxis, o que obriga o usuário a movimentar o console para realizar certos comandos. Para ele, a combinação não traria bons resultados e apresentaria resultados de péssima qualidade para os jogadores. Sendo assim, a melhor solução foi optar pelo visor de alta resolução OLED para trazer a melhor experiência em apenas duas dimensões.

Quando questionado sobre as vendas do Nintendo 3DS, o executivo comentou sobre os bons números dos títulos 3D lançados para PlayStation 3 e que o segredo está na qualidade do recursos, algo que o console tem conseguido fazer com sucesso. Para ele, as pessoas simplesmente não se interessam por algo ao perceberem que seu principal atrativo — no caso as três dimensões — não funcionam tão bem. Não se trata de colocar a novidade apenas para dizer que ela está lá, mas de proporcionar uma nova experiência.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.