Voxel

Ex-funcionários da Rare planejam “sucessor espiritual” de Banjo-Tooie

Último Vídeo

A Rare é uma das empresas mais adoradas de gerações anteriores: é ela a responsável por trazer ao mundo jogos como os Donkey Kong Country, Perfect Dark e Banjo-Kazooie. Mas, se a empresa hoje está limitada a uma divisão secundária da Microsoft (estando encarregada do Kinect Sports), alguns de seus ex-funcionários estão dispostos a reviver a época de ouro da desenvolvedora.

Profissionais como o compositor original da série, Grant Kirkhope, e um dos artistas, Steven Hurst, estariam planejando um “sucessor espiritual” para Banjo-Tooie, segundo jogo da franquia dos inseparáveis Banjo e Kazooie – ou seja, nada de um remake, mas algo que desperte os mesmos sentimentos do game original.

A ideia é trazer “o humor, os personagens bobos, a jogabilidade divertida, as grandes canções e tudo mais que adoramos fazer”. O projeto, que está sendo descrito no perfil do Twitter @MingyJongo (um dos chefões de Banjo-Tooie), ainda não está pedindo apoio financeiro, mas seguir a conta na rede social e enviar mensagens de incentivo já é um grande começo.

Fonte: NintendoLife

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.