Voxel

Ex-presidente da EA acredita que Battlefield vai vencer Call of Duty neste ano

Último Vídeo

Img_normal
O antigo presidente da Electronic Arts, John Riccitiello, continua com sua sequência de declarações ousadas. Em entrevista ao site GamesIndustry International, ele afirmou que 2013 será o ano em que Battlefield finalmente vai ultrapassar Call of Duty, deixando a Activision para trás e provando que ela não é uma boa empresa.

Ele conta ter observado a rival nos últimos anos, percebendo que ela não vem sendo a companhia que deveria. Apesar do notável sucesso de CoD, a inexistência de franquias inéditas é um grande problema, que gera uma armadilha. Riccitiello lembra que a última série da Activision foi Skylanders, uma marca que está longe de ser responsável por milhões em vendas.

O executivo, então, enxerga dois cenários possíveis para o futuro. O primeiro, bastante improvável, coloca a Activision lançando um novo MMO, que substitui World of Warcraft em importância e números. Enquanto isso, Call of Duty permanece no topo e Skylanders torna-se incrivelmente forte. Riccitiello não vê isso acontecendo.

O segundo cenário foi citado como mais próximo da realidade. A queda nas assinaturas de World of Warcraft continuam e Call of Duty perde o posto para Battlefield no mercado de FPS. Ao final, Skylanders se prova como uma franquia não tão lucrativa assim e a Activision termina se mostrando como “uma empresa de m*rda nesse quesito”. Sim, de acordo com o GI International, ele realmente usou esse termo.

Quem está certo, só o futuro dirá. Battlefield 4 será lançado no dia 29 de outubro, enquanto Call of Duty: Ghosts chega um pouco depois, em 5 de novembro.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.