Família Guillemot vende suas ações da Gameloft para a Vivendi
75
Compartilhamentos

Família Guillemot vende suas ações da Gameloft para a Vivendi

Último Vídeo

Não é de hoje que estamos acompanhando a saga envolvendo a Vivendi e a família Guillemot. Em outubro do ano passado, a primeira se tornou acionista da Gameloft e da Ubisoft. Porém, a acionista mais recente não parou por aí e continuou investindo mais em ambas as empresas, chegando ao ponto de se tornar a proprietária da divisão que trabalha com jogos mobile. 

Segundo informações divulgadas no site do The Wall Street Journal (via GameSpot), a família Guillemot vendeu as suas ações para a Vivendi. Atualmente, o controle da empresa é de 21,7%, e esse montante será passado para a compradora quando as negociações forem concluídas. 

Outro detalhe mencionado é que Michel Guillemot, diretor-executivo da Gameloft, manterá o seu posto até 29 de junho. A partir dessa data, será repassada uma nova estratégia com uma possível integração das atividades do estúdio com a Vivendi. “A informação repassada até então pelos novos proprietários mostra que as mudanças podem ser profundas”, comentou o executivo.

Yves Guillemot, executivo da Ubisoft, busca apoio de investidores para se defender de ações da Vivendi

Tentativa de defesa 

Falando ao The Wall Street Journey, a família mencionou que mantém a opinião de que “a aproximação hostil da Vivendi vai contra os interesses da empresa”. Vale lembrar, alguns analistas acreditam que todos esses movimentos podem fazer parte de um plano para que, futuramente, a Ubisoft também seja adquirida. 

Um detalhe curioso é que, em fevereiro deste ano, a Ubisoft anunciou que estava em busca de investidores canadenses para “ter melhor controle” sobre o seu capital. Outroa informação é que, nas palavras de Yves Guillemot, esse movimento seria “a melhor defesa” contra as ações da Vivendi. 

Por fim, também há a menção de que a intenção da Ubisoft sempre foi se manter independente, algo que, por 30 anos, permitiu que o estúdio inovasse em seus projetos e arriscasse na criação de franquias que, hoje, são respeitadas e conhecidas por diversas pessoas.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.