Por que Far Cry 4 não é uma sequência direta de Far Cry 3?

Por que Far Cry 4 não é uma sequência direta de Far Cry 3?

Último Vídeo

Far Cry 3 foi um sucesso de crítica e vendas, tendo a história e os dois principais personagens, Jason e Vaas, como destaques positivos. Mas o universo de Far Cry 4 é totalmente diferente, com novas localidades, pessoas ainda mais malucas e outros elementos. Por um lado, essa renovação é excelente — mas muita gente já sente saudades do que foi apresentado no game anterior.

Em entrevista ao blog da Ubisoft, o produtor executivo Dan Hay contou que a ideia de uma continuação direta realmente existia.

"Nós definitivamente tínhamos a opção de fazer um '3,5', uma esolha de simplesmente ficar no mesmo local com os mesmos personagens. Nós falamos sobre a ideia de pegar a história de Jason e desenvolver, talvez encontrar um jeito de trazer Vaas de volta. E rapidamente notamos que isso não era algo que gostaríamos de fazer. Então paramos aquela conversa e falamos 'Esse é o fim da história do 3.5', que provavelmente durou cerca de quatro dias", relata.

O que esperar do novo

Hay afirmou que poder controlar um elefante e destruir fortalezas com o animal foi sua primeira ideia para a sequência. Várias outras sugestões foram aprovadas em sequência (verticalização dos mapas, a habilidade de voar, o modo cooperativo e a nova inteligência artificial dos inimigos, entre outros), indicando que era preciso fazer um game completamente novo para que tudo fosse executado.

Essa estratégia no sentido "eu quero tudo isso" é, segundo Hay, o trunfo de Far Cry 4 — e também o maior perigo, já que é preciso equilibrar tantos elementos e fazer com que o roteiro seja o protagonista, e não o mundo aberto em si, como foi no anterior.

Ainda assim, quem é fã da franquia vai se sentir familiarizado. "Amamos a ideia de que as pessoas que curtiram Far Cry 3 vão pegar este aqui e falar: Eu entendo completamente isso, parece natural. E também amamos como, depois de cinco minutos, elas vão falar: Espera um minuto, isso é diferente. Eu adorei, é parecido, mas é bem diferente", conclui o produtor.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.