Final Fantasy VIII Remastered: curiosidades sobre o desenvolvimento do jogo

Final Fantasy VIII Remastered: curiosidades sobre o desenvolvimento do jogo

Último Vídeo

1999 foi o ano de lançamento de Final Fantasy VIII, e em setembro de 2019, 20 anos depois, recebemos a sua primeira versão remasterizada. “Inside” é uma série de vídeos publicada no canal oficial de Final Fantasy no YouTube, que conta os bastidores por trás da criação dos jogos da série. No último episódio, que foi ao ar no dia 17, os desenvolvedores Yoshinori Kitase (Direção), Shinji Hashimoto (Produção) e Yusuke Naora (Arte) relembram detalhes marcantes sobre o desenvolvimento do jogo original, durante os anos 90.

Final Fantasy VIII trouxe muitos elementos de tecnologia avançada para o PlayStation 1, com dezenas de cinematics (sendo algumas delas jogáveis, algo raro para a época), personagens realistas com expressões faciais detalhadas, naves, carros e foguetes em um cenário de fantasia altamente inovadora - tudo isso enquanto contava uma preciosa história de amor.

(Fonte: YouTube/Reprodução)

Shinji Hashimoto, o produtor do game, comenta ele que foi seu primeiro trabalho como produtor, e acabou sendo um momento muito feliz da sua carreira. Para a produção de FFVIII, decidiram levar em conta tudo o que aprenderam com o sucesso mundial de Final Fantasy VII, e já o desenvolveram de forma mais global, com menos foco no público japonês. 

Yoshinori Kitase, diretor geral, conta que foi um enorme desafio criar um cenário que pudesse acompanhar as tendências tecnológicas que estavam despontando no final do século XX, ao mesmo tempo em que o conceito de “fantasia” do jogo não se perdesse. Para isso, decidiu inserir a ideia de feiticeiras e poderes mágicos na história, e sua grande inspiração foi o clássico “O Mágico de Oz”, criando Adel, a "feiticeira má do oeste", e Edea, a "feiticeira boa do leste". A cidade de Esthar, berço de Adel e capital do mundo de FFVIII, foi inspirada na Cidade das Esmeraldas, capital de Oz - mas acabou sendo finalizada toda em azul.

Já o Diretor de Arte Yusuke Naora comenta que seu grande desafio foi alterar o padrão de personagens super deformed (SD) e cheios de polígonos dos jogos anteriores, para outros que teriam escala humana real - além de todos os detalhes mais realistas que deveriam compor os cenários do jogo. Foi necessário muito dinheiro e tempo para que o projeto ficasse do jeito que ele queria. 

(Fonte: Polygon/Reprodução)

O trio também comenta outras curiosidades, como seus personagens e Guardian Forces favoritos, além de momentos que consideram inesquecíveis na criação de Final Fantasy VIII.

Confira o episódio completo no vídeo abaixo:

-

Final Fantasy VIII Remastered está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.
Voltar para notícia
Carregando...
Comentários
Carregando...
Este comentário foi apagado. Desfazer
+1
-1
Este comentário foi apagado. Desfazer
Responder Excluir Editar
+1
-1
Ver mais comentários Ver mais comentários