Voxel

Final Fantasy XIII-2 terá múltiplos finais e missões inspiradas em Red Dead Redemption

Último Vídeo

Uma das principais atrações da Square Enix nesta edição da E3, Final Fantasy XIII-2 teve várias novidades liberadas ao longo desta semana. Além do trailer que trouxe alguns detalhes da trama, os próprios produtores do título decidiram falar um pouco mais sobre a sequência direta do último capítulo da série.

De acordo com Yoshinori Kitasi e Motomu Toriyama, o novo jogo não terá um único final, mas vários. Segundo os produtores, a decisão foi tomada como uma forma de substituir o sistema de capítulos de seu antecessor que desagradou aos fãs.

O funcionamento dos desdobramentos do enredo, no entanto, não foi detalhado. Contudo, a dupla confirmou que mais informações serão liberadas durante o Tokyo Game Show, evento de games que acontece em setembro no Japão.

Red Dead Redemption do oriente

Além disso, Toriyama afirmou que o novo Final Fantasy irá ter outra novidade em sua estrutura. As já conhecidas missões paralelas estarão de volta, mas com algumas modificações: de acordo com o produtor, esse elemento foi claramente inspirado no formato utilizado em Red Dead Redemption.

Img_normal
Segundo ele, o game da Rockstar conquistou muitos desenvolvedores japoneses e que serviu como uma forte influência para a criação das side quests de Final Fantasy XIII-2. Mesmo o RPG não possuindo um mundo aberto como na aventura de John Marston, as tarefas secundárias existentes nesta sequência acontecerão de forma aleatória, ou seja, em qualquer lugar do mundo.

A montaria também foi reformulada a partir daquilo visto em RDR. Conforme declarou Toriyama, a “cavalgada” nos Chocobos ficou melhor e mais natural – uma experiência que, segundo ele, será muito mais agradável.

Sem cidades novamente?

Quando questionado sobre a falta de cidades em Final Fantasy XIII, Toriyama deu um declaração um tanto quanto polêmica para os fãs mais conservadores da série. Em uma entrevista anterior, ele afirmou que desenhar centros urbanos exploráveis era algo difícil, mas desta vez ele complementou dizendo que a criação desses lugares na era do primeiro PlayStation era muito chato – uma opinião que deve ter pesado na hora de produzir a saga de Lightning.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.