Voxel

Firma de advocacia processa EA por quebrar promessa em Battlefield 3

Último Vídeo

Img_normal
Descontentes com a quebra da promessa que garantia uma cópia de Battlefield 1943 a todos que compraram Battlefield 3 no Playstation 3, a firma de advocacia Edelson McGuire abriu uma ação judicial de classe contra a Electronic Arts em benefício dos consumidores lesados, informa o site VG 24/7.

A principal reclamação não é o fato de a empresa ter retirado a oferta, mas sim o fato de ter feito isso após várias pessoas já terem comprado o game. Para adicionar gravidade à ação, a Electronic Arts anunciou a mudança através do Twitter, o que fez com que muitos dos afetados não fossem informados sobre o fim da oferta gratuita.

A firma de advocacia também se mostra descontente com a compensação oferecida na forma da disponibilidade mais rápida de DLCS, algo que não compensaria a perda de um jogo completo. Como a oferta convenceu milhares de pessoas a comprar uma cópia do game para PlayStation 3 em vez de adquiri-lo para Xbox 360 ou PC, a empresa acabou se beneficiando de uma promessa que “eles nunca poderiam e nunca planejaram cumprir”.

Um representante da Edelson McGuire afirma que a intenção não é tirar dinheiro da Electronic Arts, mas simplesmente recompensar os jogadores lesados com uma cópia de Battlefield 1943, conforme prometido inicialmente.

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.