Voxel

Firma encontra falhas de segurança em Call of Duty: Modern Warfare 3 e na CryEngine 3

Último Vídeo

Img_normal
A empresa especializada em segurança digital ReVuln divulgou a localização de falhas críticas de segurança em dois dos principais nomes da indústria de jogos da atualidade: o motor gráfico CryEngine 3 e o game Call of Duty: Modern Warfare 3. Os casos foram informados aos respectivos desenvolvedores e exibidos em um congresso de segurança na Coreia do Sul.

No game de tiro da Activision, o uso do modo multiplayer do título possui uma porta aberta para os servidores do game, permitindo um ataque de negação de serviço. Esse tipo de ação, também conhecida como DDoS, envia múltiplas solicitações à infraestrutura, causando falhas críticas e indisponibilidades.

Já no caso da CryEngine 3, quem está em risco é o próprio jogador. Em uma falha exibida no game Nexuiz, mas que afeta todos aqueles produzidos no motor gráfico, os computadores dos gamers podem ser acessados remotamente por um hacker conectado ao modo multiplayer. Na ocasião, a ReVuln exibiu uma invasão na qual o criminoso travava o PC de sua vítima com a imagem de um gato montado em um foguete.

A Crytek e a Activision não se pronunciaram sobre as falhas. A ReVuln prometeu revelar dados mais profundos sobre a vulnerabilidade de Call of Duty: Modern Warfare 3 amanhã, coincidindo com a chegada de CoD: Black Ops 2 às lojas.

Fonte: Kotaku

Você sabia que o Voxel está no Facebook, Instagram e Twitter? Siga-nos por lá.