A velha discussão entre remaster e remake é reacendida mais uma vez. Um remake deve se manter idêntico ao original ou atualizar aspectos datados para um público mais moderno? Ainda não sabemos qual será o caso de Shadow of the Colossus Remake, mas se dependesse do diretor Famito Ueda, criador da obra, diversos elementos seriam alterados.

Foi isso o que o diretor explicou em uma entrevista ao Eurogamer. O remake está em desenvolvimento pela Bluepoint Games (que já fez vários remasters, como Gravity Rush Remastered, Uncharted: The Nathan Drake Collection etc) e Ueda não fará parte do time de desenvolvimento, mas ele conversou com a equipe mesmo assim.

“Eu trasmiti a minha petição sobre o conteúdo e o refinamento, mas não sei o que eu sugeri será implementado. Eu não posso mencionar essas coisas que eu gostaria de mudar no remake, porque se eu falar algo e isso não estiver na versão final, será um problema”, explicou Ueda através de um tradutor.

Para deixar claro, o responsável pela tradução ao inglês disse: “é ele [Ueda] que quer mudar algo, mas ele não sabe se é possível alterar todas as coisas que ele gostaria”. Portanto, para o diretor original, há coisas que poderiam ser melhoradas ou alteradas, mas teremos que esperar até 2018 para saber se a Bluepoint deu ouvidos aos conselhos de Famito Ueda.